Dezembro de 2012 (B) PDF E-mail

APRESENTAÇÃO

 

Depois de carregar mais um dos nossos vagões em janeiro, podemos continuar nossa viagem sobre os trilhos da literatura: a revista Estação Literária dá prosseguimento ao seu trabalho e publica agora o vagão 10B, composto de vinte artigos acadêmicos e três textos no espaço de criação.

O critério para a seleção dos artigos deste vagão foi temático, tal como no anterior. Se antes procuramos apresentar um conjunto de textos que, em alguma medida, tratavam da errância enquanto um problema conceitual, agora nossa intenção foi a de agrupar todos os artigos que pensaram a errância como um problema social, político e histórico. Trata-se de análises voltadas a compreender como a literatura representa os nômades, os errantes, os viajantes, os estrangeiros, os exilados, os migrantes, os descobridores, os aventureiros, os peregrinos... enfim, os tipos sociais deslocados e deslocantes que habitam tanto o mundo real quanto o mundo da literatura. Da construção das identidades aos conflitos culturais, do livro bíblico do Êxodo às narrativas de viagem contemporâneas, do brasileiro Guimarães Rosa ao africano Pepetela, do estadunidense Paul Auster ao hispano-americano Junot Díaz, o vagão 10B mantém-se plural em suas abordagens e objetos, errante como o anterior, apenas com uma leve mudança no foco.

Desejamos novamente aos leitores/passageiros uma boa leitura e aguardamo-los, depois do retorno, para a última viagem deste volume, programada para o fim de fevereiro. Até lá, uma boa viagem!

Para acessar o sumário e baixar os arquivos individualmente, por favor, clique aqui.

 

Comissão Editorial

Revista Estação Literária