Aproveitamento de Créditos

RESOLUÇÃO CEPE Nº 11/2008

Reestrutura o Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, nos níveis de Mestrado e Doutorado, com as áreas de concentração em Sanidade Animal e em Produção Animal.

Art. 3º – Para conclusão dos níveis de Mestrado e Doutorado o aluno deverá completar a carga horária e os créditos distribuídos da forma que segue:

I)   Para o Mestrado o aluno deverá completar  64 (sessenta e quatro) créditos correspondentes a 960 (novecentos e sessenta) horas, assim distribuídos:

a) 7 (sete) créditos em disciplinas do núcleo comum;

b) no mínimo 13 (treze) créditos em disciplinas Optativas do Programa, podendo os 4 (quatro) créditos restantes serem cumpridos em outros Programas com validade nacional;

c) 40 (quarenta) créditos em dissertação.

II) Para o Doutorado o aluno deverá completar 160  (cento e sessenta) créditos, correspondentes a 2.400 (duas mil e quatrocentas) horas, assim distribuídos:

a) 06  (seis) créditos em disciplinas do núcleo comum;

b) no mínimo 28 (vinte e oito) créditos em disciplinas Optativas do Programa, podendo os 6 (seis) créditos restantes serem cumpridos em outros Programas de Pós-Graduação com validade nacional;

c)  120 (cento e vinte) créditos em Tese

Parágrafo único. O bolsista da Fundação CAPES/MEC deverá completar, ainda, para o mestrado 2 (dois), e para o Doutorado  04 (quatro) créditos referente à disciplina de Estágio de Docência na Graduação

Art. 5º – Dos 40 (quarenta) créditos em disciplinas do Doutorado poderão ser convalidados créditos de disciplinas provenientes do Mestrado em Ciência Animal da UEL ou de outros programas de pós-graduação stricto sensu com validade nacional, desde que aprovados pela Comissão Coordenadora do Programa.

Parágrafo único. Para o Doutorado poderão ser convalidados os créditos de Mestrado, exceto  à disciplina 2PIV 191 – Seminários em Ciência Animal I (Mestrado).

Art. 6º – Poderá ser concedida equivalência de créditos obtidos em outros  programas  de  pós-graduação stricto sensu recomendados até o limite máximo de 1/3 (um terço) do número mínimo de créditos exigidos

Art. 7º – Para obtenção dos títulos de Mestre ou Doutor, além do cumprimento das demais exigências, os alunos deverão ter sido aprovados:

I – no Exame de Proficiência em 1 (uma) ou 2 (duas) línguas estrangeiras, respectivamente, sendo uma delas o inglês e a outra indicada pela Comissão Coordenadora do Programa;

II –no Exame  de  Qualificação,  conforme  critérios estabelecidos pela Comissão Coordenadora do Programa.