NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros

- É vedada a apresentação de requerimentos de revalidação iguais e simultâneos em mais de uma instituição revalidadora.;

- As inscrições devem ser realizada na Plataforma  Carolina Bori (clique aqui para acessar a Plataforma e realizar sua inscrição);

- Abaixo a lista de documentos que devem ser apresentados para abertura do processo de revalidação do diploma de graduação:

I - cópia do diploma;
II - cópia do histórico escolar, contendo as disciplinas ou atividades cursadas e aproveitadas em relação aos resultados das avaliações e frequência, bem como a tipificação e o aproveitamento de estágio e outras atividades de pesquisa e extensão;
III - projeto pedagógico ou organização curricular do curso, indicando os conteúdos ou as ementas das disciplinas e as atividades relativas à pesquisa e extensão, bem como o processo de integralização do curso, autenticado pela instituição estrangeira responsável pela diplomação;
IV - nominata e titulação do corpo docente responsável pela oferta das disciplinas no curso concluído no exterior, autenticada pela instituição estrangeira responsável pela diplomação;
V - informações institucionais, quando disponíveis, relativas ao acervo da biblioteca e laboratórios, planos de desenvolvimento institucional e planejamento, relatórios de avaliação e desempenho internos ou externos, políticas e estratégias educacionais de ensino, extensão e pesquisa, autenticados pela instituição estrangeira responsável pela diplomação; e
VI - reportagens, artigos ou documentos indicativos da reputação, da qualidade e dos serviços prestados pelo curso e pela instituição, quando disponíveis e a critério do(a) requerente. § 1º O tempo de validade da documentação acadêmica de que trata este artigo deverá ser o mesmo adotado pela legislação brasileira.
VII - No caso de cursos ou programas ofertados em consórcios ou outros arranjos colaborativos entre diferentes instituições, o requerente deverá apresentar cópia da documentação que fundamenta a cooperação ou consórcio bem como a comprovação de eventuais apoios de agências de fomento internacionais ou nacionais ao projeto de colaboração.
VIII - No caso de dupla titulação obtida no exterior o requerente poderá solicitar o reconhecimento dos dois diplomas mediante a apresentação de cópia da documentação que comprove a existência do programa de dupla titulação bem como projeto pedagógico ou organização curricular que deu origem à dupla titulação.

Em Londrina, a instituição que faz Revalidação do Diploma de Ensino Superior é a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Antes de iniciar o processo é obrigatória a inscrição na Plataforma Carolina Bori e recolhimento de todos os documentos citados acima;

- Depois de recolhidos os documentos e aprovada a inscrição da Plataforma Carolina Bori é preciso levar todos até a UTFPR/Londrina (Av. dos Pioneiros, 3131) no Departamento de Registros Acadêmicos (DERAC - Secretaria)

- A universidade cobra taxa de R$ 1200,00 (mil e duzentos reais) para realizar todo o processo de revalidação do diploma;
- Para gerar o boleto de pagamento é necessário acessar esse site e selecionar a opção “Câmpus > Londrina”, “Tipo de arrecadação > Derac/Secretaria”, “Código de Recolhimento >  Registro de Diploma Revalidado

 

Ainda com dúvidas?
Acesse o Edital 2017 de Revalidação do Diploma de Ensino Superior da UTFPR;
Acesse o Portal Carolina Bori;
Contato: 0800-616161/carolinabori@mec.gov.br

 

© Universidade Estadual de Londrina
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10011 | CEP 86057-970 | Londrina - PR

e-mail: mnilza@uel.br