Hemocentro - HU

INFORMAÇÕES SOBRE DOENÇAS INFECCIOSAS TRANSMITIDAS PELO SANGUE 

 

- Quando você doa sangue são realizados testes para identificar doenças infecciosas que podem ser transmitidas pela transfusão de sangue: Hepatites B e C, Sífilis, HIV, HTLV, Doença de Chagas.

- O sangue só será utilizado se todos os testes forem “não reativos”. No entanto, existe o risco da chamada “janela imunológica”, período no qual o teste é “não reativo” e a pessoa apresenta a infecção, com possível contaminação do receptor deste sangue.

- Todos os testes realizados pelo Hemocentro são extremamente sensíveis, podendo gerar resultados falso-reativos em muitos casos. Ou seja, um teste pode apresentar-se reativo, mesmo sem significar doença existente. Algumas informações sobre estes agentes infecciosos são essenciais para seu conhecimento:
 
Hepatites B e C - As Hepatites de importância transfusional são aquelas causadas pelos vírus do tipo B e C. Hepatite é uma doença infecciosa do fígado. Ela pode ser assintomática, sintomática e em alguns casos pode tornar-se crônica. A transmissão ocorre por contato sexual, sangue contaminado (através de uso de agulhas não descartáveis, de objetos pérfuro-cortantes contaminados com sangue, transfusões sanguíneas, uso de drogas, etc) e/ou fluidos corporais (saliva, leite materno).Se uma pessoa é portadora de qualquer destes vírus, independente de apresentar sintomas ou não, ela não deve doar sangue.
 
Sífilis - É uma doença de transmissão sexual causada pelo Treponema pallidum. Os seus sintomas incluem: lesões de pele e boca, ínguas pelo corpo, lesões genitais, febre, cansaço, e tardiamente complicações neurológicas e cardiovasculares. Alguns casos podem ser totalmente assintomáticos, manifestando-se exclusivamente em exames laboratoriais.  

HIV 1 e 2 - Os Vírus da Imunodeficiência Humana 1 e 2 (HIV 1 e 2) causam a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA). Os vírus HIV 1 e 2 são transmitidos por contato sexual e/ou  sangue contaminado (através de uso de agulhas não descartáveis, de objetos perfuro-cortantes contaminados com sangue, transfusões sangüíneas, uso de drogas, etc) e também da mãe infectada para o filho durante gestação, parto ou aleitamento. Se uma pessoa é portadora de qualquer destes vírus, independente de apresentar sintomas ou não, ela não deve doar sangue. 

HTLV I e II - São vírus que infectam células sanguíneas e, em raros casos (3-5%), podem causar leucemia e/ou doença neurológica vários anos após o contágio inicial. Este contágio ocorre através de contato sexual, com sangue contaminado ou amamentação. As pessoas que entraram em contato com estes vírus geralmente são assintomáticas.

Doença de Chagas - É uma doença causada por um protozoário (Trypanosoma cruzi), que é transmitido pela picada de um inseto conhecido como “Barbeiro” ou “Chupança” ou através de contato com sangue contaminado. A grande maioria das pessoas que tiveram contato com o Trypanosoma cruzi não apresentam qualquer sintoma da doença; pode levar a problemas cardíacos e digestivos.

 
Após a doação de sangue, todos esses testes serão realizados para cada doador de sangue. Caso todos os testes estejam “não reativos” (normais), você receberá a carteirinha de doador no endereço indicado por você ao cadastrar-se na recepção do Hemocentro. Caso ocorra qualquer alteração em qualquer exame realizado, você receberá uma carta no endereço indicado, convocando-o a marcar uma entrevista médica conosco.  É importante lembrar que estas informações serão fornecidas pessoalmente, e nunca por telefone, a fim de assegurar total confidencialidade e segurança.
 
 
 
 

© Universidade Estadual de Londrina
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10011 | CEP 86057-970 | Londrina - PR

e-mail: marizasaito@uel.br