CICLO HANNAH ARENDT
Histórico do Encontro Hannah Arendt:
 
 
Os Encontros do evento Hannah Arendt realizados podem ser historiados do seguinte modo:
 
1. Nos dias 12 a 16 de novembro de 2006, na Universidade UNIJUÍ/Ijuí/RS e URI/São Luiz Gonzaga/RS, aconteceu o I Encontro Hannah Arendt – Tempos sombrios, vários pesquisadores discutiram temas variados em dois campus universitários distintos.  
 
 2. Em 2008, na Universidade Comunitária da Região de Chapecó/Unochapecó/Chapecó/SC, aconteceu o II Encontro Hannah Arendt: 50 anos de A condição humana, 6 pesquisadores apresentaram conferências relativas a obra A condição humana. 
 
 3. De 23 a 25 de setembro de 2009, no IFIBE – Filosofia Berthier/IFIBE/Passo Fundo/RS, aconteceu oIII Encontro Hannah Arendt, conjuntamente com o III Seminário Temático de Filosofia do IFIBE, 20 pesquisadores apresentaram trabalhos e resultados de pesquisas, resultou do evento o livro SIVIERO, I.; ROSIN, N. (ORG.) Hannah Arendt: diversas leituras. Passo Fundo: IFIBE, 2010, ISBN 9788599184738, 209 páginas.  
 
 4. De 17 a 19 de novembro de 2010, na Faculdade Escola Superior de Teologia/ EST/São Leopoldo/RS, aconteceu o IV Encontro Hannah Arendt, foram 27 pesquisadores que apresentaram seus trabalhos e puderam discutir suas pesquisas, resultou do evento o livro OLIVEIRA, K. L. de; SCHAPER, V. G. Hannah Arendt: uma amizade em comum. São Leopoldo: Oikos/EST, 2011, ISBN 9788578431907, 208 páginas.
 
5. De 5 a 7 de outubro de 2011 na Universidade Federal do Ceará/Fortaleza/CE, aconteceu o V Encontro Hannah Arendt, 35 pesquisadores apresentaram resultados de pesquisas e estudos, resultou do evento o livro AGUIAR, O. A.; SIVIERO, I; FAUSTINO, L. R.; GEORGE, R (Org). O futuro entre o presente e o passado. Passo Fundo/RS: IFIBE, 2012, ISBN 9788599184912, 463 páginas.
 
 6. Em 2012, na Universidade Federal de Pelotas/UFPel/Pelotas/RS, aconteceu o VI Encontro Hannah Arendt – Pluralidade, mundo e política, 43 pesquisadores apresentaram seus trabalhos, o livro do VI Encontro está em fase de finalização e o livro será lançado no Encontro de Londrina.
Em 2010, decidiu-se que os Encontros Hannah Arendt, a partir de 2012, seriam sempre no mês de maio e estipulou-se um cronograma dos locais de realização dos próximos encontros, de modo que em 2011 o evento aconteceria na Universidade Federal do Ceará/CE, 2012 na Universidade Federal de Pelotas/RS, 2013 na Universidade Estadual de Londrina/PR, 2014 na Universidade Federal de São João Del-Rei/ MG, 2015 na Universidad Nacional de Rosario/ Rosario/Argentina e em 2016 na Universidade Federal de Goiás.
 
7. Em 2013, na Universidade Estadual de Londrina, aconteceu o VII Encontro Hannah Arendt simultaneamente ao IV Ciclo Hannah Arendt. O evento aconteceu entre os dias 08 e 10 de maio de 2013 nas dependências do Anfiteatro do CESA/UEL. Com uma vasta programação teve a participação de pesquisadores brasileiros, alemães, espanhóis, venezuelanos e argentinos. O evento recebeu o título VII Encontro Hannah Arendt e IV Ciclo Hannah Arendt - por amor ao mundo.
 

O Departamento de Filosofia da  Universidade Estadual de Londrina, no ano de  2013, congregou numa única data dois eventos de extensão de natureza científica, o VII Encontro Hannah Arendt e do IV Ciclo Hannah Arendt.

O Encontro Hannah Arendt é um evento científico itinerante que reúne, desde o ano de 2006, pesquisadores brasileiros e estrangeiros que se dedicam à investigação da obra da filósofa Hannah Arrendt. O Ciclo Hannah Arendt é um evento regional promovido pelo Departamento de Filosofia da UEL desde o ano de 2010.
O VII Encontro Hannah Arendt e o IV Ciclo Hannah Arendt foram inseridos nas comemorações que aconteceram em Londrina do Ano Alemanha + Brasil 2013-2014. Foi um dos eventos técnico-científicos e culturais que trouxe presente as contribuições culturais e científicas de ambos países. O tema do Ano Alemanha + Brasil 2013-2014 foi  "Quando ideias se encontram" o que correspondeu à proposta do VII Encontro Hannah Arendt e do IV Ciclo Hannah Arendt que objetivaram a congregação de pesquisas e o intercâmbio de ideias acerca de uma das mais importantes pensadoras dos problemas da contemporaneidade.
O interesse e o diálogo proporcionado pela obra de Hannah Arendt devem-se em grande parte à atualidade das reflexões apresentadas pela filósofa acerca do Mundo Moderno - que politicamente nasce com as primeiras explosões atômicas –  e dos Seres Humanos que compõem esse mundo, das mazelas que carregam e das críticas que devem ser dirigidas a estes por talvez tirem esquecido aquilo que são, isso é, homens e mulheres que pertencem a este mundo e que possuem responsabilidade com este mundo. Foram muitos os temas discutidos por Hannah Arendt, porém a busca pelo sentido da política permeia o todo da sua obra, principalmente após os exemplos de desumanidade deixados pelo século XX que trouxeram à tona a inegável capacidade humana de cometer o mal banal contra outros seres humanos.
Assim, o evento de 2013 propôs como tema geral para estimular às discussões a ideia “Hannah Arendt: por amor ao mundo – amor mundi”.  Trata-se de tema fundamental, principalmente, para as discussões políticas e éticas de Arendt, uma vez que o cuidado humano com o mundo e a crítica pela falta deste cuidado, perpassam o todo da obra da filósofa, mesmo quando a pensadora se dedicou às discussões acerca da  interioridade em que se privilegiam as atividades da interioridade.
Objetivo:

  Proporcionar a discussão e o intercâmbio de experiências entre os pesquisadores da obra da filósofa contemporânea Hannah Arendt

Objetivos Específicos:

 

  1. Tematizar a obra da filósofa contemporânea Hannah Arendt.
  2. Promover o intercâmbio científico entre pesquisadores da obra de Hannah Arendt.
  3. Aprofundar as diversas dimensões  investigativas das reflexões políticas e éticas de Hannah Arendt, especialmente as que circundam a ideia de “amor pelo mundo – amor mundi”.
  4. Fortalecer a Linha de Pesquisa Ética e Filosofia Política do Departamento de Filosofia da UEL.
  5. Fortalecer o Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UEL e das demais IES envolvidas, bem como dos Cursos de Especialização Lato Sensu do Departamento de Filosofia da UEL e o Curso de Graduação em Filosofia da UEL.
  6. Oportunizar o encontro de pesquisadores experientes e alunos dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu, dos cursos de especialização Lato Sensu e Graduação que investigam a obra de Hannah Arendt, o que estimulará e permitirá o diálogo entre distintas gerações de estudiosos e o amadurecimento das reflexões e interpretações de ambos acerca da obra de Hannah Arendt.
  7. Estabelecer diálogos entre as reflexões filosóficas acerca da obra de Hannah Arendt e as reflexões de outras áreas do conhecimento, tais como Letras, Literatura, Artes, História, Comunicação Social, Direito, Ciências Sociais e Teologia.
  8. Estimular a publicação dos estudos produzidos sobre Hannah Arendt.
  9. Estimular a disseminação das pesquisas sobre Hannah Arendt.
  10. Estabelecer convênios científicos com instituições de pesquisa latino-americanas.
  11. Inserir a UEL e o evento no quadro oficial das comemorações do Ano Alemanha + Brasil 2013 – 2014.

Programação

O evento caracteriza-se por uma dinâmica de trabalho que divide a programação em Mesas subtemáticas que agregam tanto conferências de pesquisadores doutores como comunicações de pesquisas realizadas ou em realização de doutorandos, mestres, mestrandos, especialistas, graduados e graduandos. As exposições serão de 20 minutos.
Após todos os componentes da mesa apresentarem seus trabalhos, haverá tempo para o debate com o público e com os componentes da mesa. O objetivo maior desta dinâmica é criar um ambiente que permita a troca de experiências e o diálogo profundo e franco entre os pesquisadores, mesmo entre aqueles que se encontram em fase inicial de pesquisa, que tenham pouca experiência científica ou ainda que não tenham suficiente aprofundamento na obras de Arendt. Esta é uma das características especiais do Encontro Hannah Arendt, permitir que todos possam apresentar suas pesquisas e pontos de vistas e, principalmente, conceder espaço para o debate.
 

 

Nome Conferencista

Data/Horário/Título

Instituição de Vínculo/Local

 

08 de Maio de 2013 – Quarta-Feira

 

 

13h Inscrições e Credenciamento

 

 

13h30 Sessão de Abertura

 

 

Mesa 1 – 14h – 15h25

 

Drª Maria Cristina Müller

Coordenadora dos trabalhos

UEL/PR

Drª. Silvana Winckler

O conceito de mundo comum em Hannah Arendt

UNOCHAPECÓ/SC

Dndo. Iltomar Siviero

A arte de pensar sem cair no vazio do pensamento

IFIBE/RS

Ms. Lucas Rocha Faustino

Sobre a urgência do amor mundi 

UESPI/PI

 

Intervalo 15h25 – 15h35

 

 

Mesa 2 – 15h35 – 17h05

 

Dr. Otávio Goes de Andrade

Coordenador dos trabalhos

UEL/PR

Drª. Christina Miranda Ribas

Direito e política

UEPG/PR

Dr. Carlos Kohn Wacher

El  derecho a tener derechos: el problema de los excluidos desde la filosofía política de Hannah Arendt

Universidad Central de Venezuela

Dndo. Klelton Mamed de Farias

Hannah Arendt e a questão do caráter prescritivo do direito

UFPA/PA

 

Mesa 3 – 17h05 – 18h

 

Dr. José Luiz de Oliveira

Coordenador dos trabalhos

UFSJ/MG

Dndo. Elivanda de Oliveira Silva

Por uma compreensão do republicanismo na obra de Hannah Arendt

UFMG/MG

Dnda. Mariana de Mattos Rubiano

Amor ao mundo e ação fundadora

USP/SP

 

Coffee Breack – 18h – 19h

 

 

Mesa 4 – 19h – 21h30

 

Dr. Adriano Correia

Coordenador dos trabalhos

UFG/GO

Drª. Beatriz Porcel

La importancia de un pensamiento sobre el mundo:  una relectura de el concepto de amor en San Agustín de Hannah Arendt

Universidad Nacional de Rosario/Argentina

Drª. Maria Francisca Pinheiro Coelho

Amor mundi e o conceito de vocação política em Hannah Arendt

Universidade de Brasília/DF

Dr. Rodrigo Ribeiro Alves Neto

Hannah Arendt e a condição humana como "formadora de mundo"

UNIRIO/RJ

Ms. Fábio Alves Silveira

Possibilidades de ampliação do domínio público: jornalismo frente a internet

Faculdade Pitágoras e UEL/PR


 

09 de Maio de 2013 – Quinta-Feira

 

9h Sala 101 do CLCH

Candidato: Antonio Batista Fernandes

A naturalização do homem e a ação política em Hannah Arendt

Orientador: Dr. Odílio Alves Aguiar

Banca: Dr. Adriano Correia e Drª Mª Cristina Müller

Defesa Dissertação Mestrado da UFC/CE

 

9h – 11h30

Passeio pela cidade de Londrina

 

 

Mesa 5 – 13h30 – 15h

 

Dr. Frederico Augusto Garcia Fernandes

Coordenador dos trabalhos

UEL/PR

Dr. Alejandro Oropeza González

El Poder, la Emoción y la Libertad: de pueblo a masa

Universidad Simón Bolívar/Venezuela

Msnda. Nádia Junqueira Ribeiro

 A política na modernidade - entre os limites da liberdade e os novos começos

UFG/GO

Msndo. Rodrigo Gonçalves de Souza

 Hannah Arendt: entre o reino da necessidade e o reino da liberdade

UEL/PR

 

Intervalo – 15h – 15h10

 

 

Mesa 6 – 15h10 – 16h35

 

Drª. Beatriz Porcel

Coordenadora dos trabalhos

Universidad Nacional de Rosario/Argentina

Drª Vanessa Sievers de Almeida

O amor ao mundo e às crianças: algumas reflexões sobre a resposta de Hannah Arendt à crise na educação

UFBA/BA

Ms. Ricardo George de Araújo Silva

Política e educação como responsabilidade pelo mundo

 

UVA/CE

Gr. Aline Laureano Suave

Educação e política: educar para garantir o espaço da política

UEL//PR

 

Mesa 7 – 16h35 – 18h

 

Dr. Celso Antônio Coelho Vaz

Coordenador dos trabalhos

UFPA/PA

Dndo. Fábio Abreu dos Passos

A pluralidade humana como contraposição ao ser-para-a-morte: uma análise confrontativa dos pensamentos de Hannah Arendt e Martin Heidegger

UFMG/MG

Ms. Fernando José do Nascimento

O espaço público em Hannah Arendt como lócus de autenticidade: uma crítica a concepção de publicidade heideggeriana

UFPE/PE

Msndo. Lucas Barreto Dias

A desmontagem da metafísica: a abolição dos dois mundos e os caminhos florestais

UFC/CE

 

Coffee Break – 18h – 19h

 

 

Mesa 8 – 19h – 21h45

 

Dr. Odílio Alves Aguiar

Coordenador dos trabalhos

UFC/CE

Drª Maria de Fátima Simões Francisco

A pólis homérica como modelo da pólis grega arendtiana

USP/SP

Dr. Celso Antônio Coelho Vaz

Hannah Arendt: a redivinização do mundo pela descoberta do reino da interioridade da alma

UFPA/PA

Dr. Valério Guilherme Schaper

A concepção de religião na noção de cosmopolitanismo em Hannah Arendt

EST/RS

Dr. José Luiz de Oliveira

O recurso à tradição hebraico-cristã na análise arendtiana acerca da revolução americana

UFSJ/MG

Dndo. Elizabete Olinda Guerra

 Amor mundi: entre a vontade livre e a ação política

UFSC/SC

Gr. Simione Mate

Conceito de perdão em Hannah Arendt

UEL/PR


 

10 de Maio de 2013 – Sexta-Feira

 

10h30

Reunião administrativo-científica com os Membros do Encontro Hannah Arendt

 

 

Mesa 9 – 13h30 – 15h

 

Drª. Christina Miranda Ribas

Coordenadora dos trabalhos

UEPG/PR

Dr. Odílio Alves Aguiar

 A poesia em Hannah Arendt

UFC/CE

Dr. Frederico Augusto Garcia Fernandes

A poética do espaço público: poesia experimental e festivais literários

UEL/PR

Msndo. Cicero Samuel Dias Silva

Arte, cultura e política em Hannah Arendt

UFC/CE

 

Mesa 10 – 15h – 16h

 

Dr. Rodrigo Ribeiro Alves Neto

Coordenador dos trabalhos

UNIRIO/RJ

Drª Sônia Maria Schio

Hannah Arendt: política e amor mundi

 

© 2007 Universidade Estadual de Londrina
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 6001 | CEP 86051-990 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4000 | Fax: (43)3328-4440
e-mail: cristinamuller@uel.br