Agência UEL de Notícias
    Londrina, Sexta-Feira, 18 de Setembro de 2020 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
21/05/2020  

Servidores do HU/UEL recebem atendimento de auriculoterapia para fortalecer equilíbrio emocional

Agência UEL

(FOTO: Assessoria HU/UEL)

Os servidores do Hospital Universitário de Londrina (HU/UEL), responsáveis pelo atendimento de pacientes suspeitos ou confirmados com a COVID-19 passam por momentos de estresse e ansiedade, devido às dúvidas e incertezas em meio à pandemia, que contribuem para alterações de humor e até afetam a imunidade.
Pensando nisso, como parte do Programa de Atendimento aos Servidores com Práticas Integrativas e Complementares do HU/UEL, desde 5 de maio, o Hospital oferece ao servidor da linha de frente de combate ao novo coronavírus atendimento por meio da técnica de  auriculoterapia. O atendimento é feito pelas enfermeiras Iria Freitas e Maria do Carmo Barbosa e pela professora do curso de Enfermagem do Centro de Ciências da Saúde (CCS), Eleine Aparecida Penha Martins. Iria Freitas, coordenadora do Programa, afirma que o foco é a prevenção, fortalecendo o equilíbrio emocional, além de estimular a imunidade.
As profissionais vão pessoalmente até as unidades do Hospital que atendem pacientes de COVID-19 - Moléstias Infecciosas, Pronto Socorro, UTI 4, Centro Cirúrgico, Materno Infantil) - para tratar os colaboradores interessados em receber o atendimento no local. Iria diz que a procura é grande e aumenta a cada semana.
O Programa de Atendimento aos Servidores com Práticas Integrativas e Complementares do HU/UEL tem o objetivo de levar saúde e qualidade de vida aos trabalhadores do hospital. Também são oferecidas técnicas como massoterapia, reike, acupuntura, florais e academia, porém, essas atividades estão temporariamente suspensas por conta das medidas preventivas contra o coronavírus.
Benefícios - Segundo a Associação Brasileira dos Enfermeiros Acupunturistas e Enfermeiros de Práticas Integrativas (ABENAH), a auriculoterapia é uma prática da medicina tradicional chinesa. Tem como princípio a ideia de que o pavilhão auditivo da orelha, ou aurícula é um microssistema capaz de funcionar como receptor de sinais, podendo refletir as mudanças fisiológicas dos órgãos e vísceras, dos membros, do tronco, dos tecidos, ajudando nas organizações dos processos psíquicos e emocionais dos indivíduos.
(Com texto e informações e FOTO da Assessoria de Imprensa do HU/UEL).

 




rodapé da notícia

  14h07 18/09/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h43 17/09/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h10 16/09/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h55 15/09/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h39 14/09/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br