Agência UEL de Notícias
    Londrina, Domingo, 31 de Maio de 2020 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
15/05/2020  

LACEN homologa Laboratório de Análises Clínicas do HU/UEL para testes da COVID-19

Agência UEL/Pedro Livoratti

Com a habilitação, o Laboratório de Análises Clínicas terá capacidade de processar até 200 exames da COVID-19 por dia (FOTO:HU/UEL)

Em documento enviado nesta sexta-feira (15), o Laboratório Central do Estado (LACEN) habilitou o Hospital Universitário (HU/UEL) a realizar os exames de Coronavírus como parte integrante do Sistema Estadual de Laboratórios de Saúde Pública (Seslab). A declaração chegou no final da manhã à Reitoria e representa a última etapa dentro do processo de credenciamento do HU/UEL para realizar testes de Coronavírus, em consonância com a Resolução Estadual que estabelece critérios de qualidade e de biossegurança para as unidades da rede de laboratórios que prestam serviços para o Sistema Único de Saúde(SUS).
Na prática o documento reconhece o HU/UEL como unidade integrante do sistema GAL (Gerenciados de Ambiente Laboratorial), devidamente capacitada para realizar os testes RT-PCR (Reverse Transcriptase Poluymerase Chain Reaction), considerado o "Padrão Ouro" no diagnóstico do Coronavírus. A habilitação dá fim a um trabalho captaneado pela Reitoria da UEL e pela Superintendência do HU/UEL, no final de março, a partir da articulação com a sociedade civil organizada de Londrina, juntamente com as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde para que os exames laboratoriais de testagem da COVID-19 fossem descentralizados no Paraná, aproveitando as estruturas que tinham condições de prestar o serviço com qualidade e segurança. O objetivo era imprimir maior agilidade nos testes.
A UEL foi uma das instituições que solicitou oficialmente a descentralização dos exames, ressaltando sua qualidade para a execução do processo. O governo estadual autorizou as Instituições de Ensino Superior Públicas a realizarem o trabalho. A decisão foi tomada no último dia 31 de março pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior após reunião com superintendente da SETI, Aldo Nelson Bona e o Secretário de Saúde do Estado, Beto Preto, em Curitiba. Na ocasião o governo afirmou que autorizaria a realização dos exames desde que os Laboratórios reunissem condições de adquirir insumo para extração de amostras dos materiais coletados, além do credenciamento junto ao Sistema Nacional de Laboratórios de Saúde Pública (Sislab).
A partir desta decisão, a UEL formalizou um convênio com a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que adquiriu e disponibilizou 4 mil testes que chegaram no HU/UEL na semana passada. A partir de agora, com a habilitação definitiva do laboratório, poderão ser utilizados para testar pacientes, melhorando as condições de diagnóstico da COVID- 19 em Londrina e região.
Documento emitido pelo LACEN

Rapidez - O reitor da UEL, Sérgio Carvalho, comemorou a decisão enaltecendo que os testes serão realizados de acordo com a mais avançada tecnologia, garantindo rapidez e qualidade e beneficiando o conjunto da sociedade. Ele explicou que esta conquista só é possível a partir da produção científica desenvolvida pelo Laboratório de Análises Clínicas (LAC) do HU/UEL, que realiza, há mais de 15 anos, exames de carga viral de AIDS, Hepatites e citomegalovírus da Rede DST AIDS do Ministério da Saúde.
Ele enalteceu também a infraestrutura existente no Hospital Universitário e elogiou o trabalho conjunto desempenhado por várias lideranças da região, da Prefeitura de Londrina, que assinou o convênio adquirindo os testes e colocando-os dentro do Laboratório. O reitor elogiou ainda a postura da Secretaria de Saúde do Paraná que enxergou com clareza a eficiência da rede de laboratórios das Universidades Públicas como agentes capazes para promover a interiorização dos testes de Coronavírus. Ele ressaltou ainda que o trabalho terá a participação de pesquisadores que atuam na UEL. "Isto comprova que o investimento científico dá respostas para a sociedade", concluiu.
O vice-reitor, que é pesquisador e plantonista junto ao Laboratório de Análises Clínicas, lembrou que o credenciamento exigiu o envio de cinco amostras positivas para o Lacen para a confirmação do padrão de qualidade dos exames. Segundo ele, esta descentralização vai otimizar leitos hospitalares em toda a região, a partir da agilidade na comprovação ou não de pacientes suspeitos.
Ele ressaltou ainda a iniciativa da Prefeitura de Londrina que adquiriu os kits de exames e os confiou ao HU da UEL. O vice-reitor reforçou que os pesquisadores do Laboratório desenvolveram e padronizaram a técnica dos testes da COVID-19 utilizando equipamentos e a capacitação existente. "Isto ficou demonstrado com essa homologação, que vai contribuir em muito para o sistema de saúde do Paraná".
A diretora superintendente do HU/UEL, enfermeira Vivian Feijó, explicou que a homologação do LACEN dará autonomia na realização de exames e na liberação dos laudos. Ela explicou que o documento reconhece o trabalho técnico e científico e de gestão da UEL e HU, desde o início do trabalho para buscar a descentralização dos exames. "O Hospital ganha um incremento muito importante com a agilidade na liberação dos resultados trazendo otimização na conduta clínica e amplia o quadro de possibilidades de outros diagnósticos".
Quanto ao fluxo de leitos hospitalares, a superintendente explicou que o tempo de passagem no Pronto Socorro será mais eficiente. Antes era preciso aguardar pelo menos três dias para a liberação do laudo via Lacen, em Curitiba. Essa espera significava bloqueio de leitos, que a partir de agora deverá ser agilizada. Dessa forma, as equipes ganham fluxo mais rápido para quem chega pelo Pronto Socorro tanto para transferência para UTI ou para o isolamento e também para os chamados leitos moderados.
Números - A partir da habilitação, o Laboratório terá capacidade de realizar até 200 exames da COVID-19 por dia. Além da estrutura já existente, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) contribuiu para aprimorar a estrutura do Laboratório, disponibilizando mais um equipamento de amplificação de detecção. Também foram contratadas duas bioquímicas para reforçar a equipe do Setor de Diagnóstico Molecular, uma vez que a unidade deverá manter a rotina dos exames de carga viral para HIV, Hepatite e citomegalovírus.
A equipe vai aproveitar os professores do Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas do Centro de Ciências da Saúde (CCS), que serão os responsáveis pela implantação e supervisão dos exames, que vão permitir maior agilidade na identificação dos casos, com resultados entregues em no máximo 48 horas.







 




rodapé da notícia

  17h09 Professora do CEFE comanda live sobre esporte adaptado e inclusão
  16h29 Alunas da UEL conquistam 2º lugar no Simulado da Corte Interamericana de Direitos Humanos
  13h47 29/05/20 Boletim - Em estado de alerta contra o coronavírus (Rádio UEL FM)
  16h48 Projeto de Ciência da Informação auxilia no preenchimento da Plataforma Lattes
  11h24 Boletins Epidemiológicos são disponibilizados no portal da Universidade
  09h43 UEL FM tem novo colaborador em programa de música francesa
  16h46 Professor da UEL é mediador em live da Sociedade Brasileira da Comunicação
  19h45 Resolução adequa cronograma e estabelece novas convocações do Vestibular da UEL
  13h55 28/05/20 Boletim - Em estado de alerta contra o coronavírus (Rádio UEL FM)
  15h16 Lançadas novas chamadas de projetos de inclusão, pesquisa e extensão
  10h29 Processo seletivo oferta oito vagas para mestrado em Ciências Farmacêuticas
  17h08 Inscrições do Prêmio CAPES de Tese 2020 terminam nesta sexta-feira (29)
  19h48 Disque-Gramática sana dúvidas sobre Português e vira opção útil para estudantes
  15h31 Equipe da Bebê Clínica mantém consultas e orienta pais a distância
  13h43 27/05/20 Boletim - Em estado de alerta contra o coronavírus (Rádio UEL FM)
  12h15 Projeto Safety divulga primeira publicação técnica sobre a COVID-19
  00h48 Boletins Epidemiológicos sobre a COVID19
  18h08 UEL discute Centro de Inteligência Artificial em Agro com representantes da sociedade civil
  16h16 Projeto Techninas está com inscrições abertas para monitoras
  13h58 26/05/20 Boletim - Em estado de alerta contra o coronavírus (Rádio UEL FM)
  15h53 Serviço de Bem-Estar à Comunidade e CRAS discutem política de assistência social em meio à pandemia
  18h09 Pesquisadora da UEL e jornalista debatem ciência e comunicação via live
  19h41 Museu Histórico e IBRAVISSIMI captam acervos familiares da cultura italiana
  15h39 Estudo avalia impacto econômico do isolamento social no país
  09h50 Palestra discute Assessoria Executiva e os desafios impostos pela COVID-19
  13h33 25/05/20 Boletim - Em estado de alerta contra o coronavírus (Rádio UEL FM)
  11h20 Inscrições abertas para mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica
  16h28 Projeto tem estudo morfo-fisiológico sobre porta de entrada do coronavírus no corpo humano
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br