Agência UEL de Notícias
    Londrina, Domingo, 16 de Janeiro de 2022 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
17/04/2020  

Blog BaguncEI traz sugestões de atividades pedagógicas

Agência UEL/Beatriz Botelho

(Divulgação: BaguncEI)

Contação de histórias, indicação de leituras e cuidados com a saúde da criança são alguns dos conteúdos já disponibilizados no Blog BaguncEI, que faz parte do projeto de extensão "Apropriações teóricas e suas implicações na Educação Infantil", do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA). Além de ser voltado para professores da Educação Infantil, o conteúdo do Blog também visa apoiar os familiares e as crianças de 0 a 5 anos, que estão em casa neste período de pandemia causada pela COVID-19.
Segundo a coordenadora do projeto, Cassiana Magalhães, professora do Departamento de Educação, do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA), uma das dificuldades encontradas pelos pais, neste momento de pandemia, é o fato de não poderem compartilhar com a escola os cuidados e a educação das crianças. Por isso, as diversas ações propostas no Blog tem o objetivo de melhorar esta convivência, com os mais diversos tipos de conteúdo. "Cuidar das crianças e das famílias é também cuidar da saúde mental para o momento de voltarmos para a escola. E ainda não sabemos quando isso vai acontecer", afirma.
Um dos materiais disponibilizados é o podcast "Histórias que navegam", produzido pela professora Gabriela Medeiros Nogueira, da Universidade Federal de Rio Grande (FURG). Outra opção é o vídeo da pneumologista Janne Stella Takahara, integrante do Comitê Coronavírus da Associação Paranaense de Pneumologia e Tisiologia, cujo tema é "Os cuidados com as crianças em meio à pandemia da Covid-19". Além dos vídeos do "Cientista Maluco", elaborados por Aliny Perrota, da Secretaria de Educação de Londrina.
Interação - Cassiana incentiva ainda tirar as crianças de frente da televisão. A ideia, segundo ela, é propor às crianças atividades de maior interação, como por exemplo, fazer uma pintura, ajudar preparar um alimento, colaborar na rotina de limpeza e organização da casa, contar histórias da vida dos pais e da família, ou escrever uma carta para uma pessoa que a criança está com saudade. "Isso tudo é para as coisas fazerem mais sentido para as crianças", afirma.
A professora também publicou recentemente o vídeo "Educação infantil na pandemia: apoiar as famílias na convivência com as crianças". Ela fala sobre a angústia vivida por educadores e familiares e relata que recebe comentários positivos sobre o conteúdo do blog. Cassiana conta ainda que alguns professores até repensaram a forma de planejar as atividades para as crianças a partir do vídeo. "Sempre falo que na Educação Infantil, os professores não estão lá pelas crianças, mas com as crianças. É um processo de humanização, respeito e afeto", afirma. Por considerar a relação como rede de afeto, ela ainda afirma que "nós vamos passar por este período juntos e o Blog está aqui como parceiro". 
(Divulgação: BaguncEI)

Educação remota - As atividades para crianças no Ensino Infantil (P4 e P5) e no Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) retornaram de forma remota no último dia 13, em Londrina. Foram distribuídos pelo município kits escolares para o Ensino Fundamental, com livro didático e caderno para registro de atividades. Já as crianças matriculadas no Ensino Infantil recebem cadernos de desenho e outros materiais. Além do material impresso, algumas atividades deverão ser realizadas pela internet, com envio de vídeo ou áudio pelos professores via whatsapp - apenas para os alunos que tiverem acesso à rede.
A professora Cassiana explica que a ação é caracterizada como educação remota, exclusiva para o tempo de pandemia. Ela entende que são atividades que podem ser enviadas por vídeos ou outros recursos. Porém, não se trata de Ensino a Distância (EaD), porque esta é uma modalidade, assim como o presencial, e apresenta estrutura e carga horária próprias. "Neste momento, mais importante do que estar preocupado com a ensino à distância ou educação remota, especialmente na educação infantil, cabe pensar no fortalecimento do vínculo com as famílias e na permanência do contato com as crianças", afirma.
Com isso, Cassiana Magalhães também destaca o papel dos professores na educação das crianças. "Não é fácil educar os filhos em casa. Não temos competência acadêmica para isso. A gente precisa muito dos professores". Ela lembra também que muitos pais têm pouca escolaridade, o que dificulta o ensino do conteúdo escolar em casa, apontando que o modelo de homeschooling não é para todos.
Equipe - Também fazem parte do projeto de extensão e das atividades do Blog a professora pedagoga de Educação Infantil, Cristiane dos Santos Farias, a bolsista do projeto e estudante de Jornalismo, Heloisa Corso Baptista dos Santos, e as estudantes de Pedagogia, Andréa Pitelli e Juliana Carbonieri.
Mais informações no Blog BaguncEI - outra opção é a página do BaguncEI.


 

 




rodapé da notícia

  15h14 17/12/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h55 16/12/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  16h53 15/12/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h31 14/12/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h16 13/12/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Agenda do Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br