Agência UEL de Notícias
    Londrina, Sábado, 11 de Julho de 2020 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
06/03/2020  

Medicamentos reduzem lesões cardíacas da Doença de Chagas

Reinaldo C. Zanardi

Phileno Pinge Filho: "A gente sabe muito sobre a Doença de Chagas e temos necessidade urgente de novos fármacos"

Pesquisa da UEL mostra que associação de medicamentos reduz lesões cardíacas da Doença de Chagas e previne alterações cardiovasculares

A associação do benzonidazol e a aspirina, para tratamento da Doença de Chagas, tem dado resultados satisfatórios tornando os indicadores de um camundongo doente normais, igualando-os a de um animal saudável. Esse é o resultado de um projeto de pesquisa da Universidade Estadual de Londrina, que testa a terapia combinada dos dois medicamentos em camundongos. 

O projeto "Eficácia da terapia combinada de benzonidazol e aspirina no tratamento modelo murinho de Doença de Chagas Aguda e Crônica" é coordenado pelo professor Phileno Pinge Filho, do Departamento de Ciências Patológicas, do Centro de Ciências Biológicas (CCB). A iniciativa tem a participação de estudantes do Programa de Pós-Graduação em Patologia Experimental, pós-doutorado e iniciação científica (graduação). 

A Doença de Chagas, cujo nome científico é Tripanossomíase americana, é uma infecção causada pelo Trypanosoma cruzi, um protozoário. A doença apresenta a fase crônica e aguda. Na primeira, alguns sintomas podem ser insuficiência cardíaca e problemas digestivos. Na fase aguda, febre prolongada, dores de cabeça, inchaço no rosto e pernas, fraqueza intensa. Muitos doentes podem não apresentar sintomas da doença. 

A Doença de Chagas é classificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como doença tropical negligenciada, termo usado para um conjunto de enfermidades que ocorrem principalmente em países em desenvolvimento, que registram alta morbilidade e mortalidade. Calcula-se que há cerca de 6 milhões de pessoas infectadas em 21 países da América Latina, considerada uma região endêmica. 

O professor Phileno explica que a patologia é negligenciada, também, pela indústria farmacêutica. Os medicamentos para tratamento da Chagas datam dos anos 70, podem induzir a efeitos colaterais importantes e não têm eficácia na fase aguda. "Portanto, é necessária a identificação de medicamentos mais eficientes e menos tóxicos para o tratamento da doença", afirma o professor. "A gente sabe muito sobre a Doença de Chagas e temos necessidade urgente de novos fármacos". 

A aspirina tem de ser administrada em doses baixas. Na fase aguda, a terapia diminuiu inclusive as lesões do coração nos camundongos, prevenindo alterações cardiovasculares (pressão arterial e arritmia). Os efeitos repercutiram, portanto, na fase crônica. A terapia em estudo melhorou o número de eosinófilos e reduziu o número de neutrófilos. O eosinófilo é um tipo de glóbulo branco que desempenha um papel importante na resposta a infecções. O neutrófilo é um tipo de leucócito que atua na defesa e imunidade do organismo. Em alto número pode produzir moléculas que favorecem a fibrose no tecido cardíaco.

MOÇAMBIQUE

O estudante do doutorado Rito Santo Pereira está no 4º ano, é bolsista do Ministério da Ciência e Tecnologia Ensino Superior e profissional de Moçambique. Ele diz que o investimento em pesquisa em seu país não é muito forte. "Estou voltando para Moçambique e terei dificuldade na parte da pesquisa. O governo lá investe mais na parte educacional. Aqui me formei [pesquisador] e voltarei lá para dar aulas". A estudante de pós-doutorado Aparecida Donizette Malvezi diz que a pesquisa é a realização da sua vida. "Sou aposentada e fico aqui por amor à pesquisa".

Esta matéria foi publicada no Jornal Notícia nº 1.406. Confira a edição completa:




rodapé da notícia

  17h50 UEL FM apresenta neste sábado (11) especial com sabor caipira
  16h01 Mais de 90% dos alunos da graduação respondem a questionário da Prograd
  13h33 10/07/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  10h00 Inscrições do novo processo de seleção para vagas remanescentes terminam domingo (12)
  15h51 Livro de pesquisadores reúne histórias sobre escola na quarentena
  15h34 Tech Talk Alumini 2020 une egressos e alunos do curso de Engenharia Elétrica
  16h18 Campanha ACESS@UEL arrecada dinheiro para compra de tablets a estudantes
  13h52 09/07/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h27 Lançada chamada do novo Programa de Pesquisa Aplicada à Saúde
  10h02 PET de Zootecnia promove 1ª Semana de Formação de Cientistas
  13h39 08/07/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  18h24 HU/UEL amplia estrutura de leitos para atendimento regional
  12h08 UEL convoca profissionais selecionados via PSS para Unidade de Retaguarda do HU
  11h40 Professores da Residência em Dentística divulgam orientações de saúde
  10h38 Projeto interdisciplinar convida mulheres para falar do uso de medicamentos
  10h11 Live traz orientações sobre o Programa Centelha da Fundação Araucária e Seti
  17h35 Ranking britânico destaca UEL como melhor universidade estadual do PR
  17h09 Divulgado novo processo de seleção para vagas remanescentes em cursos de graduação
  13h48 07/07/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  11h05 Curso online voltado a professores de inglês em séries iniciais aborda translinguagem
  10h18 Projeto do CCH coleta relatos orais de quem vive a pandemia de COVID-19
  11h01 Revista do Tecpar recebe artigos para edição comemorativa de 75 anos
  13h30 06/07/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  12h05 Sai 1ª convocação extraordinária do Vestibular 2020. Lista tem sete nomes
  18h17 Professores e alunos debatem o futuro das artes diante da pandemia de COVID-19
  11h07 Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia: inscrições abertas
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br