Agência UEL de Notícias
    Londrina, Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
05/12/2019  

Professora do CCH lança Bodas de Café e faz homenagem ao Proteu

Agência UEL

(FOTO: Arquivo/COM)

A professora Sonia Pascolati, do Departamento de Letras Vernáculas e Clássicas, do Centro de Letras e Ciências Humanas (CCH), lança no próximo sábado (7), às 18h30, no Sesc Cadeião Cultural (Rua Sergipe, 52), o livro Bodas de Café, publicado pela Editora da UEL (Eduel). É um presente pelos 85 anos de Londrina e pelos 40 anos do Proteu. A entrada é gratuita.
A edição traz um estudo profundo sobre as histórias esquecidas da cidade em influxo com seu DNA cultural. O livro traz ainda a íntegra do texto assinado por Nitis Jacon a partir de trabalho coletivo com o Proteu, além de dois ensaios críticos assinados por Pascolati em que analisa a obra por seu viés político ou dialético e a trajetória do grupo que projetou o nome de Londrina para além-fronteiras da década de 1970 a 1990. 
A professora da UEL fará uma exposição dos principais conteúdos da peça e contará com a leitura de trechos pelos atores Raíssa Bessa, Raquel Sant?Anna e Wilson Papeschi, que participaram de uma remontagem de 2014 realizada pela Funcart e dirigida por Carol Ribeiro e Simone Andrade. Na ocasião, o livro vai ser comercializado pelo preço promocional de R$25 (com 50% de desconto sobre o preço de capa). A edição é da Eduel e o apoio para o evento é do Sesc. Um primeiro lançamento foi realizado no mês de agosto, dentro da programação do Filo.
Marco - O livro Bodas de Café traz ainda fartas notas de rodapé que auxiliam na compreensão das alegorias da dramaturgia, além de explicar dados de encenação, que Sonia obteve a partir de um vídeo da montagem original, de 1984, e de entrevistas com 12 integrantes do Proteu. Primeiro texto produzido coletivamente pelo grupo, Bodas de Café é considerado um marco na trajetória do teatro londrinense pela grande repercussão da peça, qualidade e versatilidade cênica.
O livro é resultado de pós-doutorado de Sonia Pascolati no Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB/2018). Para realizar a pesquisa, ela fez um levantamento de documentos relacionados ao espetáculo, como ficha técnica, historiografia, material manuscrito, além do datiloscrito original. A montagem de Bodas de Café, que reuniu um elenco de 29 atores, levou para os palcos a história de Londrina a partir da perspectiva dos cidadãos comuns, como o trabalhador rural, o corretor de imóveis e a prostituta.
Na época, o espetáculo marcou as comemorações do aniversário de 50 anos da cidade, sendo apresentado ao público em dezembro de 1984, no Teatro Ouro Verde. A estreia ocorreu meses antes, em julho, na Casa de Cultura da UEL. Logo após, o grupo seguiu para o Rio de Janeiro, onde participou do projeto Mambembão. O espetáculo foi apresentado 88 vezes, entre 1983 e 1984.
(Com informações do SESC).




rodapé da notícia

  13h22 11/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h41 10/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h40 07/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h00 06/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h02 05/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br