Agência UEL de Notícias
    Londrina, Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
17/10/2019  

Epea debate educação ambiental e impacto das ações em rede

Agência UEL

Mostra Paranaense de Educação Ambiental

As ações de educação ambiental realizadas em redes envolvem diferentes instituições para descentralizar informações sobre o impacto da ação humana no meio ambiente. Um grande ganho desse tipo de ação é chegar a todas as faixas etárias da população, em especial crianças em idade de alfabetização. O trabalho em rede é um dos enfoques abordados no 17º Encontro Paranaense de Educação Ambiental (EPEA), 4º Colóquio Internacional em Educação Ambiental e 2ª Mostra Paranaense de Educação Ambiental, eventos realizados na Universidade Estadual de Londrina (UEL), que terminam hoje (17).

O coordenador da Rede Sul Brasileira de Educação Ambiental (REASul), Fernando Guerra, afirma que o trabalho em rede dá suporte para a implantação das políticas públicas sócioambientais, em especial as de educação ambiental. "O Epea é o evento mais antigo da educação ambiental brasileira. Estamos comemorando os 20 anos da política nacional de educação ambiental no Brasil", afirma Guerra, professor aposentado da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

Ele afirma que as redes são formadas por universidades, órgãos governamentais e não governamentais de atuação ambiental, professores e escolas da rede pública de ensino. A REASul, que abrange os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, é formada por 25 instituições e entidades. Em todo o país, a malha educação ambiental chega a 50 redes de abrangências local, regional e nacional.

Fernando Guerra complementa que as ações de educação precisam estar consolidadas no currículo da escola (pública ou privada) e, também no projeto pedagógico dos cursos de graduação das universidades. "Se a educação ambiental estiver inserida nas escolas e nas universidades, o trabalho continua acontecendo", diz. Ele considera que o trabalho de educação ambiental acabou prejudicado, nos últimos meses, por conta da extinção de canais de participação em órgãos gestores do Ministério do Meio Ambiente.

"Como a educação ambiental ficou restrita a departamentos e coordenações, no momento a nossa política nacional está sem direção. Por outro lado, nos estados e municípios, os educadores, juntamente com o poder público, têm se mantido alerta para que a nossa política de educação ambiental mantenha-se atuante", diz Fernando.

O professor refere-se ao decreto presidencial nº 9.759, de 11 de abril, que afetou órgãos colegiados em toda a administração federal. No Ministério do Meio Ambiente, somente não foram afetados o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), o Conselho de Gestão do Patrimônio Genético (CGen) e o Comitê Gestor do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima (FNMC). Esses órgãos foram instituídos por lei e não podem ser modificados por decreto.

A professora da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Irene Carniatto, também coordenadora da Rede Paranaense de Educação Ambiental (REA-PR), afirma que o desafio na área do meio ambiente, assim como em outras políticas públicas, é consolidar as ações como política de estado.

Ela cita o trabalho da REA-PR, criada em 1992, no mesmo ano da Rio 92, evento considerado marco mundial em debates e acordos internacionais sobre diretrizes para o meio ambiente. "A rede paranaense é uma das mais antigas do Brasil. Nós temos polos nas maiores cidades do estado. Nesses polos, a gente continua mantendo essa mobilização", diz a professora Irene.

Irene ressalta o envolvimento das prefeituras e outros órgãos para levar educação ambiental para toda a população. "Em Cascavel, temos um movimento com aproximadamente 70 escolas, fazendo ações de educação ambiental, hortas escolares, trabalhando com teatro, com ações muito interessantes. A palavra é essa: mobilizar".


rodapé da notícia

  15h48 Atividade de prevenção a afogamento atende estudantes de escolas municipais
  14h41 Professora da Universidade de Évora debate inclusão na Educação Infantil
  14h35 Funcionários da Sercomtel doam R$ 180 mil para Casa de Apoio do HU/UEL
  10h57 Professores pioneiros são homenageados durante abertura da Semana de Educação
  10h56 Projeto desenvolve técnica rápida para identificação de fraude em produtos cárneos
  11h18 Aluna do mestrado em Bioenergia conquista prêmio na área de inovação
  08h16 UEL participa da 6ª Semana de Transparência e Controle Social de Londrina
  09h11 Estudantes participam de Agrogame e testam conhecimento de produção agrícola
  17h44 Palestra de medalhista encerra Semana da Educação Física e do Esporte
  16h43 Casa do Pioneiro e Cequinha são usados como sets de filmagem para curta-metragem
  17h01 Atividades do CEFE reforçam prevenção ao afogamento de crianças
  17h11 Pesquisa investiga proteção jurídica da terra no Brasil
  15h58 Professores e alunos de licenciaturas divulgam resultados do PIBID
  15h49 Integrantes do projeto OBMEP participam de Encontro Regional sobre IC
  15h38 Cursinho da UEL aprova 258 estudantes na 1ª fase do Vestibular 2020
  09h58 Ciclo Hannah Arendt 2019 tem inscrições abertas para ouvintes
  09h16 UEL aplica provas de residências do HU para 625 candidatos
  16h39 Projeto oferece formação complementar sobre autismo
  18h06 UEL inaugura oficialmente a primeira Usina Fotovoltaica da região de Londrina
  18h26 Professores participam de Colóquio Internacional sobre racismo na educação superior
  17h05 1ª fase do Vestibular 2020 tem 8.419 candidatos aprovados
  17h23 Divisão de Artes Cênicas recebe três apresentações da Cia. Grita de Palhaças
  11h03 Evento debate inovação, processos de análises e controles de processos
  10h38 Professora da UEL usa jogos que estimulam raciocínio lógico e criatividade
  10h15 Semana da Educação e Encontro Internacional têm mais de mil inscritos
  17h29 Primeira Usina Fotovoltaica da UEL será entregue nesta sexta (8)
  17h29 Pesquisadores debatem ações de Comitê de Ética em pesquisa envolvendo seres humanos
  15h14 UEL participa de Seminário sobre direitos da criança, idoso e pessoa com deficiência
  09h40 Inscrições da Prova Pedestre 2019 da UEL terminam domingo (10)
  08h54 Edital da Capes oferece bolsas de doutorado na Alemanha
  08h26 Professora do CCE oferta minicurso sobre software "R", em Maringá
  10h40 Um Homem Fiel entra em cartaz no Cine Com-Tour/UEL
  15h35 Conselho aprova resolução que institui Liberdade de Cátedra nas atividades acadêmicas
  14h48 Semana da Educação Física e Esporte tem homenagem aos aposentados
  16h23 Programas intensificam formação de estudantes de licenciaturas
  09h56 Feirinha da Cidadania oferece opções de alimentos e artesanatos
  11h22 Gedal convida comunidade para observação da lua e planetas
  09h33 Grupo sobre Envelhecimento debate cuidados na demência avançada
  09h15 Professores e alunos participam de Encontro de Iniciação Científica
  08h57 HU/UEL promove Jornada de Práticas Assistenciais em Lesão de Pele
D
DESTAQUES ::.

Professores criam bioinseticida que elimina larvas d

Pesquisa investiga proteção jurídica da terra no Bra

Projeto oferece formação complementar sobre autismo

Jornal Notícia - 1.402
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br