Agência UEL de Notícias
    Londrina, Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
16/10/2019  

EPEA: Especialista alerta sobre impactos ao meio ambiente

Agência UEL

Coordenador geral do Clima do Ministério da Ciência, Tecnologias e Comunicações, Márcio Rojas Cruz

Os cenários de mudança climática apontam para um futuro com aumento médio da temperatura da superfície da Terra, desequilíbrio nos níveis de chuva, desertificação e acidificação (diminuição do ph) dos oceanos. "Isso vai trazer muitas consequências com grande impacto, colocando em risco a segurança hídrica e alimentar. Se nada for feito, o Brasil sofrerá grandes impactos". A avaliação é do coordenador geral do Clima do Ministério da Ciência, Tecnologias e Comunicações, Márcio Rojas Cruz.

Ele realizou, ontem (15) à noite, no Anfiteatro Cyro Grossi, a palestra de abertura do 17º Encontro Paranaense de Educação Ambiental (EPEA), realizado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Paralelamente, ocorrem o IV Colóquio Internacional em Educação Ambiental e a II Mostra Paranaense de Educação Ambiental. Cruz abordou, na conferência, as contribuições para a educação ambiental a partir dos estudos sobre o clima.

Um dos principais fatores da mudança climática é a emissão de gases do chamado efeito estufa, com destaque para o dióxido de carbono (CO2), responsável por aumentar a temperatura média no planeta. No Brasil, o aumento de gás na atmosfera se deu a partir de 1950, por causa do desmatamento para expansão urbana e a industrialização do país.

Conforme Cruz, a partir de 1990, os níveis de gás na atmosfera aumentaram significativamente chegando ao pico em 2004. A partir dessa data, conforme Cruz, o governo federal implementou medidas com maior controle do desmatamento e gases industriais. Essas medidas tiveram efeito com redução da emissão de gases, chegando aos menores patamares em 2010. Daquele ano até 2014, houve uma estabilidade nos níveis de gases. "Temos dados, ainda não publicados que mostram tendência de aumento na emissão de gases a partir de 2015. Isso nos preocupa muito", afirma Márcio Rojas Cruz.

Indígenas participaram da solenidade de abertura do Epea 2019

A preocupação do especialista se apoia em previsões sobre produção agropecuária. O aumento da temperatura levará, por exemplo, ao abortamento de flores de café e feijão, abortamento de porcas e produção de leite. "A redução da disponibilidade hídrica ocorrerá em todo o território nacional", afirma Cruz. Essa realidade terá grande impacto social e econômico.

Abertura - O 17º EPEA, o IV Colóquio Internacional em Educação Ambiental e a II Mostra Paranaense de Educação Ambiental ocorrem até esta quinta-feira (17), no Centro de Ciências Biológicas (CCB) e reúne cerca de 600 participantes, incluindo apresentação de trabalho científico. A última vez que Londrina sediou o EPEA foi em 2008.

O coordenador geral do evento, professor João Zequi, destacou, durante a solenidade de abertura - que o tema "Com Ciência nos 20 anos da Política Nacional de Educação Ambiental" é muito importante porque com as mudanças climáticas o maior prejuízo será para as populações vulneráveis. "Que a gente tenha uma boa discussão sobre as políticas para o meio ambiente, para a educação ambiental", destacou.

O professor João Zequi lamentou, no Dia do Professor, que parte da sociedade negue as conquistas e os avanços proporcionados pela ciência. "O cientista atua em prol da sociedade e, nesse contexto, se faz necessário mencionar o papel do professor que é o canal de construção do conhecimento nesse processo".

Coordenador geral do Epea, professor João Zequi, destacou a relevância dos eventos, que reúnem 600 participantes

Também participaram da solenidade de abertura do 17° EPEA, o diretor do CCB, Paulo César Meletti, representando o reitor da UEL, Sérgio Carvalho; o secretário Municipal do Ambiente de Londrina, José Roberto Behrend; a diretora de Políticas Ambientais da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Fabiana Campos; o coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias do Meio Ambiente do Paraná, Alberto Vellozo Machado; a promotora do Meio Ambiente de Londrina, Leila Schmidt, o presidente do Conselho Municipal do Meio Ambiente de Londrina, Charles dos Santos; o professor Marcos Sorrentino, da Rede Brasileira de Educação Ambiental.

O 17º EPEA conta com patrocínio da Faculdade Teológica Sul Americana (FTSA), Fundo Municipal do Meio Ambiente de Londrina, Cooperativa Integrada, UNIMED Londrina, Sanepar e apoio da Associação Norte Paranaense de Engenheiros Ambientais (ANPEA), Rede Materiais de Educação Ambiental, Rede Paranaense de Educação Ambiental, Rede Sul Brasileira de Educação Ambiental , Núcleo Regional de Educação e Laboratório de Biodiversidade e Restauração de Ecossistemas (LABRE).


rodapé da notícia

  10h29 Processo seletivo oferta oito vagas para mestrado em Ciências Farmacêuticas
  10h07 Inscrições do Prêmio CAPES de Tese 2020 terminam nesta sexta-feira (29)
  16h41 Disque-Gramática sana dúvidas sobre Português e vira opção útil para estudantes
  15h31 Equipe da Bebê Clínica mantém consultas e orienta pais a distância
  13h43 27/05/20 Boletim - Em estado de alerta contra o coronavírus (Rádio UEL FM)
  12h15 Projeto Safety divulga primeira publicação técnica sobre a COVID-19
  00h48 Boletins Epidemiológicos sobre a COVID19
  20h09 UEL discute Centro de Inteligência Artificial em Agro com representantes da sociedade civil
  20h18 Projeto Techninas está com inscrições abertas para monitoras
  13h58 26/05/20 Boletim - Em estado de alerta contra o coronavírus (Rádio UEL FM)
  15h53 Serviço de Bem-Estar à Comunidade e CRAS discutem política de assistência social em meio à pandemia
  17h12 Pesquisadora da UEL e jornalista debatem ciência e comunicação via live
  10h34 Museu Histórico e IBRAVISSIMI captam acervos familiares da cultura italiana
  17h02 Estudo avalia impacto econômico do isolamento social no país
  09h50 Palestra discute Assessoria Executiva e os desafios impostos pela COVID-19
  13h33 25/05/20 Boletim - Em estado de alerta contra o coronavírus (Rádio UEL FM)
  11h20 Inscrições abertas para mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica
  16h28 Projeto tem estudo morfo-fisiológico sobre porta de entrada do coronavírus no corpo humano
  12h03 Ato Executivo da Reitoria da UEL prorroga suspensão de atividades presenciais até 5 de julho
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br