Agência UEL de Notícias
    Londrina, Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
16/09/2019  

Vestibular dos Povos Indígenas será disputado por 750 candidatos

Agência UEL

Dentista Elis Regina cursou Odontologia na UEL

O Vestibular dos Povos Indígenas será disputado neste ano por 750 candidatos de diferentes etnias, entre elas Kaingang, Guarani, Xetá, Fulni-ô e Terena. Eles concorrerão a 52 vagas, sendo seis em cada uma das sete universidades estaduais e dez na Universidade Federal do Paraná (UFPR). O número representa um aumento de mais de 1000% na procura por cursos de graduação desde que foi criado, há 17 anos.

A homologação do vestibular foi realizada na semana passada, no Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR). As provas acontecem nos dias 17 de 18 de novembro e, após a aprovação, os alunos escolhem os cursos de interesse.

Política Pioneira - A política de inclusão indígena no ensino superior do Paraná, por meio do Vestibular dos Povos Indígenas, é pioneira no Brasil e contribui para melhorar a vida das comunidades. Elis Regina nasceu na aldeia indígena de Laranjinhas, localizado no município de Santa Amélia, a 130 quilômetros de Londrina. Foi no curso de odontologia da Universidade Estadual de Londrina (UEL) que Elis fez sua formação para atender mensalmente mais de 400 pessoas da comunidade em que vive.

"A universidade me proporcionou uma mudança de vida que interfere na comunidade em que vivo. Tenho planos de continuar estudando em uma universidade pública para me aprimorar ainda mais", diz Elis. A dentista, que possui especialização em odontopediatria, foi a primeira indígena a inaugurar um consultório em Santa Amélia.

O Vestibular Indígena foi aprovado como Lei no ano de 2001 e o primeiro processo seletivo ocorreu em 2002. Desde que o vestibular se tornou Lei Estadual, a Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior atua no fortalecimento dessa política de inclusão. "As universidades estaduais e a UFPR são instituições de excelência que oferecem cursos de graduação bem avaliados. O vestibular indígena é uma política de transformação social e econômica na vida do estudante", ressalta o superintendente, Aldo Bona.

Política Estadual - O Governo do Estado financia a realização do vestibular e investe na permanência dos estudantes por meio de um auxílio mensal. O Paraná é o único estado brasileiro que possui o vestibular indígena como política estadual. As universidades estaduais possuem 215 estudantes indígenas matriculados em cursos de graduação e pós-graduação.

A novidade da XIX edição do Vestibular dos Povos Indígenas é a aplicação das provas que ocorrerá de maneira regionalizada nas cidades de Manoel Ribas, Nova Laranjeiras, Mangueirinha, Londrina e Curitiba. A Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior oferecerá transporte para que os candidatos se desloquem das terras indígenas para os locais de aplicação de provas, além de refeições e alojamento.

Caciques e Lideranças - Os caciques e lideranças indígenas também fazem parte do processo de ingresso do estudante indígena no ensino superior. Eles são responsáveis por tornar a avaliação legítima incentivando a participação dos moradores das regiões que eles representam.

Segundo o cacique da terra indígena de Laranjinha, Everton Lourenço, os profissionais indígenas melhoraram significativamente diversos aspectos das comunidades onde residem. "Essa é uma importante conquista para o nosso povo. Na escola indígena mais de 80% dos profissionais cursaram uma universidade estadual, isso motiva as crianças a conquistar um futuro melhor por meio da educação de qualidade", afirma ele.

Transformação - As universidades estaduais já formaram 75 estudantes em diferentes cursos de graduação como Medicina, Veterinária, Pedagogia, Agronomia, Odontologia. Na pós-graduação, a UEL possui um estudante indígena (kaingang) no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Política Social e a Universidade Estadual de Maringá um estudante e um aluno formado no mestrado em Educação.

Cerca de 80% dos indígenas que se formam ainda possuem vínculo com sua comunidade, sendo que a maioria atua na área de Educação. Para a presidente da Comissão Universidade para os Índios (CUIA), Juliane Sachser Angnes, o número de graduados pode parecer pequeno, porém, é extremamente significativo. "O projeto de inclusão dos povos indígenas no ensino superior no Paraná e no Brasil é desenvolvido a longo prazo. A representatividade e a transformação na vida dos alunos é significativa".

Herança Cultural - A CUIA desenvolve ações de valorização da herança cultural e os saberes dos indígenas, com acompanhamento pedagógico e parcerias interinstitucionais. "A experiência inédita do Paraná possibilita um aprimoramento da política pública ao longo dos anos. Somos referência no Brasil e em diversos estados e universidades que utilizam nosso exemplo como modelo ", ressaltou o membro da CUIA Wagner do Amaral, professor da UEL.

(Com informações da Assessoria da AEN).


rodapé da notícia

  10h08 Projeto Capela Sonora apresenta guitarrista Pedro José, quinta-feira (17)
  10h19 Inscrições: 24ª edição da Semana da Física
  09h38 Campeonato de Xadrez integra programação da 24ª Semana da Física
  08h48 Encontro Integrado tem prazo final para inscrições em oficinas
  17h28 UEL sedia 1º Fórum dos Conselhos Municipais do Meio Ambiente
  15h32 Encontro paranaense de educação ambiental contabiliza cerca de 400 inscritos
  15h02 Instituições de pesquisa do PR discutem incentivos à inovação
  14h10 Semana Nacional do Livro e da Biblioteca tem oficinas e exposição
  10h44 Coro de Ópera Barroca Color Rhetoricus apresenta Actéon
  10h09 18ª Semana da Educação está com inscrições abertas
  09h54 Ciclo de Atualizações em Farmacologia está com inscrições abertas
  09h00 Pórticos doados para UEL vão fomentar ensino e aprendizado
  17h48 Pesquisa analisa solo do Lago Igapó e a história de Londrina
  17h21 Projetos de inovação e tecnologia são tema de reunião na Reitoria
  10h51 Inscrições da Transferência Externa 2020 são prorrogadas
  16h41 Teatro Ouro Verde recebe últimas apresentações do Festival de Dança
  15h31 DaP abre 4ª exposição do Arte Londrina 7
  15h53 Curso Pré-Vestibular da UEL faz aula gratuita e prepara para o Vestibular 2020
  15h24 UEL sedia 1º Fórum dos Conselhos Municipais do Meio Ambiente
  15h16 Empresários doam materiais para o curso de Engenharia Civil da UEL
  15h15 Cops divulga Cartão de Inscrição com locais de provas do Vestibular
  11h12 Residência em Odontologia oferta cinco especialidades
  09h11 Professor de Universidade francesa profere palestra sobre origem da vida
  08h29 Pesquisa cria membrana que recupera pele, osso e cartilagem
  15h43 Pesquisador do Texas ministra atividades para estudantes de medicina veterinária
  15h07 Professora do CECA expõe 200 peças produzidas no Laboratório de Cerâmica
  14h31 Estudantes ganham Júri Simulado de Direitos Humanos
  13h29 Aintec comemora diploma de reconhecimento público e novas startups graduadas
  13h16 Campanha 'Por que não?' orienta sobre destinação do Imposto de Renda
  15h07 Laboratório de Biodiversidade auxilia parceiros na recuperação ambiental
  11h09 Grupos e artistas participam da mostra Dança Londrina, no Teatro Ouro Verde
  10h09 Ciclo Hannah Arendt recebe submissão de trabalhos até dia 14
  09h48 Museu de Zoologia e Ong Mae levam animais da Mata Atlântica para escolas da zona rural
  08h56 Bioma tem portfólio diversificado de serviços na área de consultoria ambiental
  17h13 Prorh abre inscrições para cursos direcionados aos servidores
  16h45 Exposição no CESA traz 10 produtos criados para minorias
  13h28 4º Robolon incentiva produção tecnológica entre alunos do Ensino Fundamental e Médio
  14h45 Vestibular 2020: Cartão de inscrição do candidato sai sexta-feira (11)
  14h45 Projeto de Extensão utiliza banners usados na confecção de sacolas sustentáveis
  10h58 Pesquisador da Embrapa profere palestra na 12ª Semana de Zootecnia
  10h26 Laboratório de Estrutura ganha pórticos que atestam resistência de materiais
  09h47 Aintec recebe Reconhecimento Público da Câmara de Vereadores, dia 17
  09h30 Professora da UEL abre Encontro Paranaense de Educação Matemática
D
DESTAQUES ::.

Estudo propõe modelo de avaliação de arquivo fotográ

Pesquisa com realidade virtual é premiada em maior e

Jornal Notícia - 1.400

Pesquisa analisa solo do Lago Igapó e a história de
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br