Agência UEL de Notícias
    Londrina, Sexta-Feira, 17 de Setembro de 2021 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
07/03/2019  

UEL integra programa que incentiva empresas a participar de licitações

Agência UEL

Reitor da UEL, Sérgio Carvalho, oficializa adesão ao programa, durante solenidade que contou com a presença do prefeito Marcelo Belinati e autoridades locais

A UEL aderiu oficialmente nesta quinta-feira (7) ao Programa Compra Londrina, uma iniciativa da Prefeitura, juntamente com a Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Sebrae e Observatório de Gestão Pública (OGPL), para incentivar pequenas empresas locais a disputar contratos com órgãos públicos da cidade, aumentando a circulação de recursos públicos na economia. O termo foi assinado pela manhã, na Sala dos Conselhos, no Campus.

As compras licitadas da UEL e do Hospital Universitário (HU/UEL) somam R$ 63 milhões somente este ano e deverão ganhar maior divulgação a partir do Programa Compra Londrina. Segundo o Secretário de Gestão Pública, Fábio Cavazotti, a adesão das novas empresas públicas representará impacto de R$ 200 milhões em negócios, que poderão ser estabelecidos com fornecedores sediados no município. Ele explicou que em 2018, houve um crescimento de R$ 48 milhões nas licitações vencidas por empresas da cidade, gerando impostos, empregos e renda.

O secretário explicou que o Programa prevê dar visibilidade aos certames licitatórios, além de promover treinamento, possibilitando que novas empresas possam ter acesso a informações, adequar documentação e participar das disputas em pé de igualdade com fornecedores de grande porte. Uma das orientações do Programa é para que as empresas públicas dividam as compras em lotes menores para que pequenas e microempresas tenham condições de participar.

O Programa teve início há aproximadamente dois anos e, de acordo com Cavazotti, trouxe resultados importantes para o município. As obras de engenharia tiveram redução de 75 dias a partir de maior acompanhamento e padronização dos processos. Os postos de saúde deixaram de receber medicamentos com atrasos por causa do controle rigoroso dos prazos de compra.

O prefeito Marcelo Belinati explicou que a iniciativa já foi implantada em outros municípios com grande sucesso. Em Londrina o Programa ganhou adequações que foram feitas a partir do trabalho da equipe do Núcleo Interdisciplinar de Gestão Pública (NIGEP), que atuou juntamente com a Secretaria de Gestão Pública e Controladoria do Município.

Belinati exemplificou que antes do Programa o pão da merenda escolar das escolas municipais era adquirido de um fornecedor de Ponta Grossa. "A nossa contrapartida é garantir a transparência e pagar rigorosamente em dia", afirmou o prefeito. O reitor da UEL, Sérgio Carvalho, afirmou que as compras realizadas por meio de licitações representam uma política pública importante e que qualquer centavo economizado reflete em melhorias para coletividade. Segundo o reitor, o Programa estimula a concorrência, o que significa melhores preços e vantagens para as empresas públicas.

Solenidade na Sala dos Conselhos reuniu autoridades e integrantes da comunidade universitária

Por outro lado, afirmou Sérgio Carvalho, a iniciativa derruba barreiras, abrindo possibilidades para que pequenos empresários possam participar. "Não há dúvidas que os preços tendem a cair, sem contar que o Programa cria um efeito multiplicador de emprego e renda e quem sai beneficiado é o contribuinte", resumiu o reitor.

Participaram da cerimônia de assinatura do termo de compromisso ao Programa Compra Londrina o presidente da Câmara de Vereadores de Londrina, Ailton Nantes, o presidente da CMTU, Marcelo Cortez, o presidente da COHAB, Luiz Cândido de Oliveira, o presidente da Sercomtel, Cláudio Tedeschi. Também estiveram presentes a vice-presidente da ACIL, Márcia Manfrin e os representantes do Sebrae, Sérgio Ozório e do Observatório de Gestão Pública (OGPL), Gabriel Alcântara e Silva.

NIGEP - Os primeiros estudos que resultaram no Compra Londrina foram desenvolvidos pela equipe de professores e estudantes do Núcleo Interdisciplinar de Gestão Pública (NIGEP) da UEL. Em setembro de 2017, a UEL e a prefeitura de Londrina assinaram termo de cooperação para o desenvolvimento de pesquisa e implantação de medidas para o aperfeiçoamento do processo de compras, com foco na transparência e na melhoria das políticas públicas.

As atividades envolveram os pesquisadores e a Secretaria Municipal de Gestão Pública, e Controladoria do Município. A proposta partiu da prefeitura a partir da experiência do Nigep, em projetos de combate à corrupção, incentivo à fiscalização da gestão pública, aprimorando o acesso às informações dos processos públicos. O trabalho inclui professores e estudantes de graduação e pós-graduação dos cursos de Serviço Social, Administração, Economia e Ciência da Computação.


rodapé da notícia

  16h27 16/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  15h27 15/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h10 14/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h11 13/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h51 10/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br