Agência UEL de Notícias
    Londrina, Terça-Feira, 16 de Outubro de 2018 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
10/10/2018  

Ex-reitor é homenageado e defende autonomia Universitária posssui-foto

Agência UEL

Ex-reitor da UEL, João Carlos Thomson (administração 1990/1994)

O ex-reitor da UEL, João Carlos Thomson (administração 1990/1994) foi o homenageado na cerimônia de plantio da peroba, dentro das comemorações oficiais dos 47 anos de reconhecimento da UEL. O plantio simbólico foi realizado durante cerimônia que reuniu autoridades, professores e servidores, nesta segunda-feira (8), no Anfiteatro do Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA), no Campus Universitário.

Durante seu pronunciamento, o ex-reitor João Carlos Thomson, que foi professor do Departamento de Clínica Cirúrgica do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UEL de 1991 a 2011, reafirmou que a autonomia universitária precede a noção de estado e precisa ser resgatada para o cumprimento da função social da Universidade.

Foi durante o mandato de ex-reitor, precisamente em fevereiro de 1992, que a UEL entrou com mandado de segurança contra o Governo Estadual visando garantir a autonomia universitária. Thomson lembrou em seu discurso que o pano de fundo foram as dificuldades financeiras pelas quais a Universidade vivia e a dificuldade de relacionamento com governo da época.

Ele recordou que em 6 de fevereiro daquele ano chegou um comunicado, via Telex, à reitoria oficializando que a UEL deveria implantar imediatamente o novo sistema de controle de pagamento imposto aos órgãos estaduais, sob pena de não liberação da folha de pagamento e das demais autorizações para custeio. "Na mesma hora reuni a equipe para discutir o assunto. Eu não havia sido eleito reitor apenas para ficar obedecendo. Era necessário criar um fato", declarou o reitor.

Plantio da peroba, árvore símbolo da UEL, já é tradicional

A decisão foi impetrar mandado de segurança contra o governo. A estratégia foi buscar a união com as Universidades criadas na mesma época da UEL - UEM e UEPG. Destas somente a UEM topou assinar o documento juntamente com a Universidade. Recentemente, no último dia 28 de setembro, o ministro Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, determinou trânsito em julgado da ação, após decisão colegiada por parte da turma do Supremo que decidiu por maioria rejeitar o embargo de declaração.

Depois que a Universidade entrou com a ação, o então reitor conseguiu negociar saída política com o governo estadual, que passou a liberar recursos financeiros trimestralmente. João Carlos Thomson convidou o governador para uma reunião, em sua casa, quando expôs as dificuldades da Instituição e os reflexos que ocorriam nas atividades. "Às vezes é preciso sair do protocolo, ir além dos editais e buscar atos inesperados", comentou Thomson.

Um dos autores do mandado de segurança que garantiu a autonomia universitária, Antônio Bacarin, ex-professor do Departamento de Direito Público, lembrou que foi necessário fazer a sustentação oral da ação junto ao Tribunal de Justiça, em Curitiba. A ação acabou prosperando e se tornando um texto bastante conhecido nacionalmente, como documento de defesa da autonomia das Universidades e do ensino público superior.

"Mas não podemos nos esquecer que a verdadeira autonomia é a financeira e isto depende do governo empenhar recursos", lembrou o advogado, que participou da cerimônia de posse nesta segunda, na UEL. Segundo o Bacarin, o ideal seria o governo enviar projeto de lei garantindo a autonomia para as Universidades Estaduais. Apesar da lei estar referendada pelo Supremo Tribunal Federal, ele afirma que o processo é mais político do jurídico. "Isso sim estabilizaria a Universidade", considerou.

O reitor da UEL, Sérgio de Carvalho, afirmou que a homenagem ao professor Thomson é justa e importante, porque o mandado de segurança acabou confirmando a autonomia depois de 26 anos de tramitação em todas as instâncias da Justiça. O reitor lembrou que a Universidade vive situação bem semelhante daquela época. Em janeiro deste ano o Governo do Paraná novamente pressionou a UEL e a UEM a aderirem ao novo Sistema Integrado de Finanças Públicas do Estado do Paraná (SIAF), responsável pelo registro, acompanhamento e controle da execução orçamentária, financeira e patrimonial do Estado.

No início deste mês o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) expediu duas medidas cautelares à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFA). Uma delas suspendeu os pagamentos feitos ao Consórcio responsável pela implantação do sistema e outra determinou a adoção imediata de mecanismos de controle eficiente nos pagamentos feitos pelo governo estadual. As medidas têm como base comunicação de irregularidade sobre o funcionamento do novo SIAF, feita pela Primeira Inspetoria de Controle Externo do TCE-PR.

Autoridades - Participaram da cerimônia de plantio da peroba o vice-reitor Décio Sabbatini Barbosa, o Secretário Municipal de Ambiente de Londrina, Gilmar Pereira, representando o prefeito Marcelo Belinati, o presidente da Câmara de Vereadores de Londrina, Ailton Nantes e a esposa do homenageado, Zuleika Thomson, professora aposentada do Departamento de Pediatria do CCS da UEL. Também estiveram presentes professores que participaram da gestão do ex-reitor, servidores, estudantes e diretores de centro e de órgãos suplementares.


rodapé da notícia

  16h38 Divisão da Casa de Cultura ganha nova iluminação cênica
  16h00 Organizadores do FILO reafirmam programação para dezembro
  15h02 Laboratório faz atendimento clínico de aves posssui-foto
  14h41 Seminário de Pesquisa em Ciências Humanas é aberto no CCH
  11h41 Alunos e professores participam do Dia C da Ciência
  10h02 Semana de Matemática discute formação de professores posssui-foto
  09h40 Simpósio sobre processos civilizadores começa nesta terça-feira (16)
  08h46 Abertas inscrições para transferência externa posssui-foto
  09h24 Simpósio internacional processos civilizadores
  18h16 UEL entra em recesso e retoma atividades terça-feira (16)
  10h42 Semana de Educação Física e do Esporte será em novembro
  17h15 Cops disponibiliza Cartão de Inscrição da 1ª fase do Vestibular
  17h34 Prêmio reconhece práticas na administração pública
  08h20 PET de Educação Física faz oficina para jovens da APSDOWN posssui-foto
  17h23 UEL completa 47 anos
  16h40 Abertas inscrições do intercâmbio acadêmico para o Japão
  10h45 Bom Negócio abre inscrição para curso de Gestão Empresarial
  17h06 UEL integra o Dia C da Ciência em 17 de outubro no Lago Igapó
  10h01 Idiomas Sem Fronteiras divulgam 14 cursos com inscrições abertas
  09h41 PCU adquire novos equipamentos para serviços e manutenção
  11h09 Com-Tour/UEL exibe dois filmes posssui-foto
  17h54 Oficina do Departamento de Educação debate o tema adoção
  17h15 Curso de Música da UEL é o melhor do país, segundo ENADE posssui-foto
  16h25 Semana de História reflete passado com perspectivas para o futuro
  16h49 Diretores de Centros e Órgãos suplementares são empossados posssui-foto
  11h07 Atividades no AEHU marcam Dia das Crianças
  09h32 Cartão de inscrição do Vestibular 2019 sai quinta-feira (11)
  17h39 Ouro Verde recebe show de Badi Assad dia 19 de outubro
  09h12 Ex-reitor é homenageado e defende autonomia Universitária posssui-foto
  09h21 Diretores do FIML divulgam relatório de atividades
  09h22 EAIC - 2018
  09h20 Programação Cultural no RU
D
DESTAQUES ::.

Jornal Notícia - 1383

Educação Infantil em foco

Vamos falar em eficiência da gestão pública

972 vagas em programas de mestrado e doutorado
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br