Agência UEL de Notícias
    Londrina, Sexta-Feira, 20 de Julho de 2018 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
06/07/2018  

Aprovação do TIDE é conquista conjunta da sociedade

Agência UEL/TV UEL

                             
O reitor Sérgio Carvalho considerou aprovação do projeto de lei que regulamentou o Tempo Integral de Dedicação Exclusiva (TIDE) como regime de trabalho aos professores das Universidades Estaduais como uma conquista conjunta de entidades, deputados, governo e reitores. A declaração foi dada esta semana à TV UEL, durante entrevista sobre a aprovação do projeto de lei 362/2018. 
                                 
 "A aprovação do TIDE como regime de trabalho é um feito histórico para as Universidades." 

 

Reportagem da TV UEL

 

PRORH orienta sobre aplicação da nova lei

A aprovação do projeto de lei número 362/2018, que regulamentou o Tempo Integral de Dedicação Exclusiva (TIDE) como regime de trabalho aos professores das Universidades Estaduais, trouxe várias dúvidas relacionadas, por exemplo, ao ingresso na carreira, casos em que o processo de aposentadoria já está tramitando ou situações de quem está próximo de se aposentar.

O texto prevê que o TIDE será incorporado de forma integral na aposentadoria dos docentes que tenham, no mínimo, 15 anos de vínculo com regime de dedicação exclusiva. Na prática, a matéria restabelece a normalidade na carreira dos professores das Instituições de Ensino Superior Paranaenses, afetadas desde 2016, quando o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), entendeu que o Tide deveria ser incorporado aos proventos de aposentadoria proporcionalmente ao tempo de contribuição. O Sindicato dos Professores de Londrina (Sindiprol/Aduel) obteve liminar suspendendo os efeitos do acórdão provisoriamente.

Para tentar sanar algumas destas dúvidas, a Agência UEL de Notícias traz uma entrevista com o Pró-reitor de Recursos Humanos, Itamar André Rodrigues do Nascimento e com o chefe da Divisão de Aposentadoria e Benefícios da PRORH, Sidney Rodrigues de Oliveira. Nesta entrevista eles citam casos e exemplos a partir do novo texto, esclarecendo que não há incremento salarial. Informam também como será o procedimento para o professor que ingressar futuramente no quadro de docentes das IEES. Acompanhe a íntegra da entrevista


- O que de concreto esta Lei representará para o professor ativo? Tem algum incremento salarial?

É a confirmação do TIDE como regime de trabalho para todos os professores das Instituições de Ensino Público Superior Paranaenses. A Lei especificamente não cria, mas dirime ambiguidades e retira margens de interpretações, confirmando o regime de trabalho existente desde 1997. O acórdão do Tribunal de Constas do Estado (TCE) gerou imprecisões, dando margens até para redução dos vencimentos, o que não ocorrerá mais a partir desta Lei, que estipula do Tempo Integral como regime de trabalho e não gratificação nos proventos da aposentadoria.

Importante salientar que não há qualquer alteração salarial. O que a Lei prevê é tão somente a segurança jurídica.


- No caso dos que estão em vias de aposentadoria, licenças ou muito perto dela? O que muda?

Os processos de aposentadoria estavam sob uma verdadeira insegurança jurídica, amparados por uma liminar judicial obtida pelo Sindicato dos Professores de Londrina (Sindiprol), que suspendeu os efeitos do acórdão provisoriamente. A Lei nova prevê nas Disposições Transitórias o TIDE como regime de trabalho para quem está com o processo de aposentadoria em aberto e não homologado.

A partir de agora o trâmite segue normal com a Paraná Previdência finalizando os processos em aberto e os enviando à Secretaria de Estado de Administração e Previdência (SEAP), que deverá emitir a resolução da aposentadoria para posterior homologação pelo TCE. Este é o último ato do processo de aposentadoria do servidor. O artigo 5º/ parágrafo 2º da Lei dá esta garantia para quem está com o processo de aposentadoria tramitando.


- Hoje existem na UEL cerca de 130 processos represados por conta desta indefinição, anterior à lei. Estes processos desenrolam a partir de agora?

Eles deverão seguir normalmente, no ritmo da ParanaPrevidência. Mas a expectativa agora, com a segurança jurídica a partir da Lei, além da possibilidade de mudanças nas regras da Previdência, deveremos ter um aumento dos pedidos de aposentadoria em todas as IEES.


- Para quem vai ingressar futuramente no quadro de docentes da IEES. O que esta lei altera?

A Legislação deixa claro que a regra de ingresso será em TIDE ou em tempo parcial. Estas são as duas únicas formas de ingresso na carreira. Mas entendemos que isto é bom para a academia, que tem de primar por um modelo de atividade que privilegia a pesquisa, extensão com atividades relacionadas ao ensino, graduação e pós-graduação.


- O professor que tem menos de 15 anos (conforme a exigência da Lei) tem que alternativas?

Neste caso segue a lei da previdência nacional. Se o professor entrou na carreira após a Emenda Constitucional 41, de dezembro de 2003, e contribuiu menos de 15 anos, a aposentadoria deverá ser pela média, considerando 80% das melhores contribuições. A Lei Nacional prevê que quanto maior o tempo de contribuição, mais aumenta a média.


- E os casos de professores que tem interesse em lecionar em uma Universidade Pública, mas mantem outra atividade. Estes poderão abrir mão do TIDE?

A Lei prevê que excepcionalmente o professor poderá solicitar a alteração de regime, porém deverá ser observado o interesse da Universidade, a necessidade, sendo que esta decisão deverá ser aprovada por Instância Colegiada, o Conselho de Administração, no caso da UEL. O fato da Lei não proibir este tipo de contratação é um avanço. Outra possibilidade é poder alterar o regime no caso do professor necessitar assumir um cargo administrativo ou institucional. A lei também considera esta necessidade.

 




rodapé da notícia

  09h16 Labted oferta curso sobre comunicação didática em concurso público
  08h48 Ato Executivo disciplina eleições na Fazenda Escola
  15h04 Professora de Universidade portuguesa faz palestra na UEL
  14h44 Encontro sobre Comunicação e Cidade tem novo prazo de inscrições
  18h07 UEL participa de abertura de Encontro Nacional de Sericultura posssui-foto
  10h52 FIML tem lançamento de CD e Roda de Choro nesta quinta-feira (19)
  10h33 Ex-aluno participa de curso sobre empreendedorismo nos EUA
  10h10 Projeto debate obra exigida no Vestibular 2019
  18h09 Ranking destaca qualidade da UEL na América Latina
  17h29 Estudantes do PET de Física se mobilizam para doação de sangue
  16h33 Laboratório abre turma de inglês para crianças posssui-foto
  15h51 APIESP se posiciona sobre vetos à lei que regulamenta o TIDE
  15h59 Jornada de Contábeis registra 380 participantes
  11h52 Programas de Pós-graduação abrem inscrições
  17h01 Ocupação Flores do Campo é tema de monografia
  11h09 Cine Com-Tour/UEL exibe Os Belos Dias de Aranjuez posssui-foto
  11h18 Projeto utiliza Cinema para discussões sobre Direito
  11h48 Laboratório de Genética realiza serviço pioneiro na região posssui-foto
  11h29 Jornal Notícia - 1379
  10h28 Família Lima e recital de violão são atrações do Festival de Música
  10h18 Kabengele Munanga ministra palestra sobre intolerância religiosa
  11h20 UEL faz teste seletivo para contratação de professores posssui-foto
  11h53 Núcleo realiza análises com mexilhão-dourado
  18h00 Simpósio de Educação em Astronomia começa terça-feira (24)
  16h26 Projeto "Seda - o fio que transforma" representa UEL em encontros
  10h46 Centro Acadêmico promove Semana de Farmácia
  17h30 OSUEL abre série de concertos e apresentações do FIML
  14h37 Congresso Paranaense de Saúde Pública começa nesta quarta-feira (18)
  14h34 Laboratório do CCA desenvolve pesquisas com solos posssui-foto
  11h40 Semana Acadêmica de Zootecnia discute em setembro produção animal
  11h09 Ex-aluna da UEL lança livro com 38 crônicas
  10h04 Professor da UFV ministra curso sobre Seleção Genômica
  09h35 Eleição escolhe dirigentes de Órgãos Suplementares e unidades da UEL
  08h21 Show com Ângela Maria e Simone Mazzer é atração do FIML
  15h43 Laboratório divulga reta final de inscrições para teste de nivelamento
  16h00 Jornada e Seminário do CEMAD destacam saberes e práticas da docência
  14h37 Reitoria esclarece comunidade sobre alterações na Lei do TIDE posssui-foto
  17h16 Grupo sobre Educação Básica é direcionado a profissionais e estudantes
  17h45 Revista Semina "Ciências Sociais e Humanas" tem novo volume
  11h26 Programa de Bolsas Ibero-Americanas abre inscrições posssui-foto
  10h48 GEDAL e Museu de C&T promovem observação astronômica
  10h31 Inscrições do Vestibular 2019 começam em 3 de agosto
D
DESTAQUES ::.

Programas de Pós-graduação abrem inscrições

Projeto utiliza Cinema para discussões sobre Direito

Jornal Notícia - 1379

Núcleo realiza análises com mexilhão-dourado
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br