Agência UEL de Notícias
    Londrina, Quarta-Feira, 01 de Outubro de 2014 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
09/05/2008  

SINOPSE - A UEL NOS JORNAIS (9/5/2008 - Sexta-feira)

De acordo com as edições digitais dos jornais disponibilizadas no dia.

Agência UEL

www.folhadelondrina.com.br

CONTO DO VIGÁRIO - E-mail divulga falsa cura do câncer

Mensagem eletrônica propaga um tratamento ''milagroso'' contra a doença; pesquisas ainda estão no início, diz oncologista

Está circulando um e-mail sobre uma vacina contra o câncer de rim e melanoma. Usando o nome de instituições renomadas, a mensagem coloca a vacina como sendo a certeza de cura. Quando se busca mais informações, descobre-se que não é bem assim. A vacina ainda está em fase de pesquisas e não dispensa o tratamento convencional.

Em Londrina uma clínica participa de estudos sobre uma outra vacina contra vários tipos de câncer Mário Liberatti, oncologista e professor da Universidade Estadual de Londrina (UEL), é um dos médicos que participam da pesquisa.

Como funciona esse tratamento que está circulando na internet?
É uma vacina que foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como tratamento alternativo, mas que ainda não é recomendada pela Sociedade Brasileira de Melanoma, pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, porque não passou por todas as fases de teste exigidas para comercialização.

Existem outras vacinas contra o câncer?
Sim, não exatamente para melanoma. Nos Estados Unidos existem somente duas licenciadas na área de oncologia, para prevenção. Há a vacina para a hepatite B, cujo fator de risco está relacionado ao hepatocarcinoma, ou seja, o câncer de fígado. E existe a vacina contra o papiloma vírus humano (HPV), que está relacionado ao câncer de colo de útero. Existem outras em fase de pesquisa. Uma droga para chegar a ser usada passa por várias fases de estudo e isso demora 10, 12 anos.

Como é feita uma vacina contra o câncer?
Ela é produzida de uma amostra do próprio tumor do paciente, que é encaminhado para o laboratório que faz a vacina. Esse material é preparado e depois aplicado no paciente. Sendo produzida com o material do próprio paciente, quando aplicada induziria uma resposta do organismo contra o tumor.

Então, a vacina não vai imunizar?
Não, é um tratamento. Existem outras vacinas na oncologia, usadas para melanoma também, a chamada imunoterapia na área do câncer, em que se induz uma resposta não especificamente contra o tumor.

Qualquer pessoa pode fazer esse tratamento?
Segundo o laboratório, ele se aplica a pacientes com melanoma ou tumor de rim em fase avançada. Até porque um fragmento do tumor precisa ser retirado e enviado ao laboratório para a confecção da vacina.

O tratamento é feito somente com essa vacina?
O uso da vacina não impede o tratamento com a droga convencional, com a quimioterapia ou com a própria imunoterapia inespecífica.

O senhor conhece alguém que tenha feito o tratamento?
Eu acompanhei uma paciente de Cambé, que teve resposta negativa, e sei de um paciente meu, que depois de muito insistir, eu prescrevi e não teve resposta nenhuma.

Como é a vacina que a clínica está pesquisando?
É um estudo clínico, multicêntrico e multinacional. O paciente assina um termo de consentimento que vai passar por uma pesquisa química e recebe a vacina. Os dados são enviados para um comitê de avaliação independente que analisa todos os dados e depois vai publicar se houve benefícios ou não. Não temos dados definitivos ainda.

Qual a recomendação que o senhor dá para as pessoas que recebem esses e-mails?
Que o paciente procure fazer os tratamentos que já estejam aprovados por orgãos regulatórios - no Brasil, a Anvisa; e nos Estados Unidos, o FDA -, porque esses orgãos só aprovam a comercialização de uma droga quando foi comprovado cientificamente o seu benefício. Tratamentos alternativos são por conta e risco do paciente, mas ele precisa ser orientado quanto a isso.

Érika Gonçalves - Reportagem local

Agende-se

Pós no 2º semestre
A UEL recebe inscrições para oito cursos de pós-graduação lato sensu, que terão início no 2º semestre de 2008. Os cursos com vagas abertas são: Origem e Evolução do Universo, da Terra e da Vida; Música (habilitações em Educação Musical, Performance Musical e Arranjo Musical); Gestão de Arquivos Empresariais; Economia do Meio Ambiente; Economia do Setor Público; Ensino de Inglês para Crianças; Filosofia Política e Jurídica e Literatura Brasileira. Saiba mais pelo endereço www.uel.br/proppg/inscricoes.

120 anos da abolição
O Núcleo de Estudos Afro-Asiáticos da UEL convida todos os Zeladores-de-Santo e seus Filhos a comparecer no dia 13 deste mês, às 14h, no Anfiteatro-maior do CCH. O encontro é em comemoração aos 120 anos da Abolição da Escravatura. Informações adicionais pelo (43) 3371-4599.

COMEMORAÇÃO - 120 anos da abolição da escravatura

Os 120 anos da abolição da escravatura serão lembrados com uma série de eventos neste fim de semana em Londrina. A programação começa hoje, às 14h, no auditório do Cesa, na UEL, com a mesa-redonda ''O Negro na Universidade: um caminho para abolição''. Participam do debate os convidados Dora Lucia Bertulio (UFPR), Zulu Araújo (Fundação Cultural Palmares), Jairo Pacheco (SETI) e Vilma Santos de Oliveira (AABRA). A mediadora será a professora Maria Nilza da Silva.

Às 16h, ocorre o lançamento do livro ''O Negro na Universidade: o direito a inclusão'', reunindo artigos de autores diversos sob coordenação de Jairo Pacheco e Maria Nilza da Silva. Para amanhã, às 9h, está previsto um ato público no Calçadão com o Movimento Pró-cotas. Ao meio-dia, haverá uma confraternização com uma feijoada cultural no bar Axé Brasil.

No domingo, a partir de 16h, uma festa gratuita acontece na Usina Cultural com shows do músico Leandro Almeida, do grupo Santeria e da banda Sarará Criolo. Também está agendada uma ''Noite Afro'' para a próxima terça-feira no Axé Brasil. A programação é uma promoção conjunta da Prefeitura do Município de Londrina, Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, Movimento Presença Negra, Fórum de Entidades Negras de Londrina e Associação Afro-B.

Nelson Sato - Reportagem Local

Agenda esportiva

Basquete

3º Campeonato de Basquete de Cadeirantes, promovido pela Associação dos Deficientes Físicos de Apucarana (Adefiap). Competição vai até domingo e terá a participação do time UEL/Adefil, de Londrina, que estréia hoje, às 19 horas, no Ginásio José Antonio Basso, o Lagoão, contra a Apedex (Associação de Deficientes Físicos de Ponta Grossa).

www.jornaldelondrina.com.br

Programa leva conhecimento aos municípios mais pobres

O Programa Universidade Sem Fronteiras, criado em outubro do ano passado pelo governo do Estado, passa hoje por sua primeira avaliação, em seminário realizado na UEL

Transferir para a sociedade o conhecimento produzido nas universidades paranaenses é o principal objetivo do Programa Universidade Sem Fronteiras, criado em outubro do ano passado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti). Hoje e amanhã, a Universidade Estadual de Londrina (UEL) sedia o primeiro encontro regional do programa (leia mais nesta página). O Universidade Sem Fronteiras engloba 164 projetos desenvolvidos no Paraná, nas cidades com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) envolvendo aproximadamente 1.400 pessoas, entre professores, alunos e recém-formados.

Para o primeiro ano do programa, foram destinados mais de R$ 10 milhões para bolsas e ajudas de custo, como transporte, alimentação e hospedagem, para os profissionais e alunos envolvidos. O orçamento financia apenas projetos de universidades públicas, do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

A coordenadora do programa em Londrina é a professora e médica veterinária da UEL, Vanerli Beloti. Ela conta que a universidade recebeu cerca de R$ 1 milhão para desenvolver 11 projetos de extensão. “[antes do programa] O conhecimento gerado ficava na própria universidade e os interessados na pesquisa não tinham acesso aos resultados. A extensão faz a ponte.”

Vanerli é também responsável por um dos projetos, o “Leite do Paraná – produzindo qualidade de vida”, que atende pequenos produtores rurais dos municípios de Faxinal, Jardim Alegre, Roncador e Pitanga. A professora diz que, antes do programa estadual, havia muita dificuldade para o financiamento do projeto do leite. “Tínhamos muita dificuldade de deslocamento. Às vezes eu ia sozinha, com o meu carro, pois não havia ninguém com disponibilidade para ficar lá, e, de vez em quando, a Emater conseguia pagar a gasolina”, conta. Agora, segundo ela, o projeto ganhou fôlego devido às verbas recebidas do Universidade Sem Fronteiras.

Segundo a secretária da Seti, Lygia Pupatto, o programa é o maior projeto de extensão universitária do Brasil. “Os alunos e professores entram em contato com a realidade mais pobre do Estado e a universidade contribui para melhorar a qualidade de vida e do ensino básico através do conhecimento”, ressaltou.

Seminário avalia ações hoje e amanhã

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) sedia, hoje e amanhã, o 1º Seminário Regional Norte do Programa Universidade sem Fronteiras. O evento tem como objetivo avaliar e discutir ações do programa desenvolvidas em toda a região. De acordo com um dos seus organizadores, Edmir Maciel, os integrantes dos projetos serão divididos em grupos de afinidade para trocarem conhecimentos. “O evento é uma forma de monitorar os projetos para garantir a eficiência das ações”, afirma.

Segundo ele, os coordenadores dos projetos vão apresentar os resultados alcançados e as projeções futuras. “Os grupos vão apresentar o que já foi feito e o que ainda pode ser feito”, diz. Maciel explica que os grupos poderão se reunir ao longo dos próximos seis meses para continuar monitorando a eficiência das ações. No final do ano, haverá um seminário em Guarapuava para avaliar todos os projetos realizados no Paraná.

Atletismo busca o tetra no Estadual

A 58ª edição do Campeonato Estadual adulto de atletismo será disputada amanhã e no domingo em Curitiba. Londrina, representada pela equipe Fundação de Esportes/Sercomtel/Caixa/Consórcio União de atletismo, tenta conquistar o tetracampeonato. Hoje, a pista de atletismo da UEL receberá, a partir das 14h, alunos entre 11 e 14 anos, das escolas localizadas no centro, para a disputa da terceira etapa da Copa Sercomtel. A competição vai revelar novos atletas para integrar a equipe FEL/Sercomtel/Caixa/Consórcio União, organizadora do evento. As provas serão as seguintes: 60m, 75m, 600m, salto em distância, arremesso de peso e de pelota, salto em distância e 1000m.

Londrina terá mais de 200 atletas em Paranavaí

Começa hoje, em Paranavaí, a 48ª edição dos Jogos Universitários do Paraná, que segue até o dia 15, reunindo mais de 1.400 estudantes de 24 instituições de ensino de todo o Estado. As modalidades em disputa são atletismo, basquete, futsal, handebol, judô, natação, vôlei e xadrez.

E Londrina terá uma das maiores delegações, com 235 atletas de três universidades – UEL, Unopar e Inesul. Segundo o coordenador administrativo da Associação Atlética da UEL, Luis Otávio, a universidade terá 165 atletas nos Jogos, disputando as modalidades de atletismo, basquete, futsal, handebol, judô, natação, vôlei e xadrez (apenas no masculino).

“Vamos com uma das maiores delegações, a única associação acadêmica, e queremos melhorar o resultado do ano passado, quando terminamos em sétimo na classificação geral”, disse Otávio.

A equipe de futsal masculino da UniFil/Colégio Londrinense pretendia defender a instituição, mas não conseguiu trocar jogos da Chave Ouro do Campeonato Paranaense. A Inesul disputará o tricampeonato no basquete masculino, contando com jogadores que disputaram o Campeonato Nacional este ano e novamente será comandada pelo técnico Eduardo Leitinho.

A Unopar disputará o atletismo e o judô, além do futsal feminino e do handebol masculino. Os dois times coletivos da instituição devem disputar o título em Paranavaí, pois disputam ligas nacionais. “O futsal feminino venceu em 2006 a fase estadual e depois a Nacional dos Jogos Universitários e estamos indo para reconquistar o título”, disse Renata Albino, chefe da delegação da Unopar.



É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.

As Sinopses apresentadas têm como referência as edições digitais dos jornais citados disponíveis no dia.


  11h14 Atlas desvenda Microscopia para Educação Básica posssui-foto
  10h46 CECA recebe Feirinha da Cidadania
  10h21 Rádio UEL FM estreia “O golpe, 50 anos depois”
  07h39 SINOPSE - A UEL NOS JORNAIS - (1-10-2014 - Quarta-feira)
  17h06 Departamento de Ciências Sociais debate as Eleições 2014
  16h51 Reitores entregam carta de compromisso a candidatos ao governo
  16h40 Universidade promove “Dia do Servidor”
  15h09 Direção da Clínica Psicológica seleciona Psicólogo
  14h43 CCS elege diretor e vice-diretor nesta terça-feira posssui-foto
  11h23 Semana de Engenharia Civil será aberta na próxima segunda-feira
  10h51 Servidores do CEI são atendidos com sessão de massoterapia
  07h36 SINOPSE - A UEL NOS JORNAIS - (30-9-2014 - Terça-feira)
  18h12 UEL é campeã em 11 modalidades do Josuepar 2014
  17h16 Casa de Cultura recebe dois espetáculos da desCompanhia de Dança
  15h47 OSUEL é atração da Rota do Café in Concert
  11h47 COU discute participação no programa GraduaCEO posssui-foto
  11h32 CCS faz eleição para diretor e vice-diretor
  11h24 ABRUEM realiza 55º Fórum Nacional de Reitores
  10h53 Novos Diretores de Centros e de Órgãos Suplementares tomam posse dia 9
  09h54 BC comemora Semana Nacional do Livro e da Biblioteca
  08h53 UEL abre 23ª edição do EAIC na quarta-feira posssui-foto
  08h41 UEL firma convênio com Universidade Nacional de Córdoba posssui-foto
  08h26 SINOPSE - A UEL NOS JORNAIS - (29-9-2014 - Segunda-feira)
  08h10 SINOPSE - A UEL NOS JORNAIS - (28-9-2014 - Domingo)
  08h22 SINOPSE - A UEL NOS JORNAIS - (27-9-2014 - Sábado)
  17h26 Finais dos Jogos Inter Atléticas movimentam Londrina
  19h06 Encontro Regional Sul abre espaço para a Psicologia Social posssui-foto
  16h11 Congresso marca aniversário de 35 anos do curso de Fisioterapia posssui-foto
  15h40 Professor Waldyr Gutierrez Fortes recebe homenagem póstuma posssui-foto
  14h54 Pró-reitores de Graduação da UEL e UEPG discutem demandas das IEES posssui-foto
  11h42 23ª edição do Josuepar reúne servidores das sete IEES posssui-foto
  11h31 Aintec promove Feira da Ideia e Inovação no Campus Universitário
  07h53 SINOPSE - A UEL NOS JORNAIS - (26-9-2014 - Sexta-feira)
D
DESTAQUES ::.

Jornal Notícia 1.321

Abertas inscrições para cursos de pós-graduação

UEL EM DADOS 2014

Vídeo Institucional
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS
SAÚDE
SERVIÇOS
Relatório Parcial de Gestão
Fale com a Reitora
Holerite
Certificados Declarações
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331 | Fax: (43)3328-4593
e-mail: noticia@uel.br