Agência UEL de Notícias
    Londrina, Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
06/09/2013  

Palestra aborda o estresse e transtornos afetivos posssui-foto

Agência UEL

O estresse e os transtornos afetivos resistentes ao tratamento foram os assuntos em destaque na palestra do professor Mário Juruena, do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (USP), que ocorreu nesta sexta-feira (06/09), no Centro de Ciências Biológicas (CCB) e reuniu professores e alunos do curso de Psicologia da UEL. A iniciativa é do Grupo de Pesquisa em Psicologia, coordenado pelo professor Célio Estanislau, do Departamento de Psicologia Geral e Análise do Comportamento, do CCB.

Conforme colocou o professor Mário Juruena, episódios de estresse podem desencadear quadros graves de depressão. Segundo ele, a depressão é considerada uma das doenças mais incapacitantes da atualidade, resultado de influências do ambiente, além de fatores de vulnerabilidade e a pré-disposição para quadros depressivos. “O estresse gera uma espécie de curto-circuito no organismo e sobrecarrega o estado emocional do indivíduo”, completou.

“Pacientes com histórico de estresse precoce têm mais chances de sofrer de quadros depressivos”, apontou. O professor defendeu que situações de estresse na infância, com casos traumáticos de abuso físico, emocional e sexual, interferem diretamente no desenvolvimento do sistema nervoso do indivíduo. “As mulheres têm mais risco de desenvolver a psicopatologia”, destacou.

Além da tristeza, outros sintomas indicam um quadro depressivo, entre elas, a perda de interesse pelo trabalho, alterações do sistema nervoso, perda de apetite e alterações no sono. “De cada dois pacientes com depressão grave, apenas um consegue alcançar resultados no tratamento”, apontou o professor. Mário Juruena alerta que além da abordagem junto à pessoa depressiva, o tratamento da depressão envolve também a família, e mais a associação de psicoterapia e medicamento.

O professor da USP destacou dois tipos de depressão. A depressão melancólica, em que a pessoa fica sem energia, perde o apetite e adquire insônia e angústia. Já a depressão atípica causa fome, fissura por doces e sono excessivo.

Mário Juruena é coordenador do Programa de Assistência, Ensino e Pesquisa de Estresse e Doenças Afetivas do Hospital de Clínicas da FMRP. Além de professor da pós-graduação em Saúde Mental da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Mário Juruena é membro revisor da Organização Mundial de Saúde, no Grupo de Transtornos do Humor e Ansiedade e membro de honra do Instituto de Psiquiatria do Kings College London.

O professor da USP desenvolve atividades de ensino, formação e capacitação de Recursos Humanos, além de planejamento e consultoria na área de Saúde Coletiva, com ênfase em saúde mental, psiquiatria, psicofarmacologia e neurociências. Ele acumula centenas de artigos publicados em períodos nacionais e internacionais.



É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.

As Sinopses apresentadas têm como referência as edições digitais dos jornais citados disponíveis no dia.


  15h53 HU elege novos integrantes da Comissão de Ética
  10h33 UEL é destaque no QS University Rankings posssui-foto
  10h29 Encontro debate o ensino da Língua Inglesa para crianças posssui-foto
  11h42 Pesquisa do NIGEP recebe prêmio em congresso internacional
  17h29 Cops disponibiliza cartão informativo do Vestibular 2018
  16h54 2º Colóquio Roland Barthes está com inscrições abertas
  15h29 NAFI oferece atendimento específico de saúde
  15h02 Museu Histórico promove Oficina de cafés especiais
  10h29 Empresa Júnior de Farmácia promove Simpósio sobre Saúde
  09h39 Projeto da UEL apresenta espetáculo Bichos, Cores e Outros Amores
  09h34 Encontro reforça prevenção contra câncer de mama
  17h04 EAIC divulga produção científica da UEL posssui-foto
  15h05 Simpósio Orçamento Público é aberto no CESA posssui-foto
  16h23 Curso de combate a incêndio abre inscrições dia 23
  11h44 Hemocentro do HU faz coleta externa de sangue no Museu Histórico
  10h58 Cops divulga cartão informativo com locais de provas do Vestibular
  10h23 Exame Celpe-Bras é aplicado no Campus para 26 estrangeiros
  15h56 UEL é a 1ª estadual do sul no Ranking QS Latin America
  17h31 Intuel gradua empresa com faturamento de R$ 2,5 milhões
  16h10 6º Congresso Odontológico começa nesta quarta-feira (18)
  15h52 HU faz procedimento inédito em Neurocirurgia Pediátrica posssui-foto
  14h35 Atualização em tecnologias Farmacêuticas é tema de curso
  11h04 Livros da Eduel serão lançados nesta sexta-feira (20) no Museu
  10h46 Prorh abre PSS para contração de professores
  10h25 Centro Acadêmico de Comunicação promove encontro com cineasta
  17h05 Edital da ARI oferta 24 vagas para mobilidade acadêmica
  16h43 Casa de Cultura apresenta espetáculo "Baseado em Afetos Reais"
  15h36 Encontro Odontológico divulga avanços da área
  16h51 Pesquisa da UEL ganha Prêmio Capes de Tese posssui-foto
  11h33 UEL promove Dia C da Ciência posssui-foto
  10h57 Professor fala sobre uvas de mesa em Congresso na Itália
  10h16 Simpósio Orçamento Público começa nesta terça-feira (17)
  08h14 Estudo analisa atuação de farmacêutico
  08h09 Fazenda Escola ganha unidade experimental
  08h06 Pesquisadores monitoram aves
D
DESTAQUES ::.

Jornal Notícia 1.367

Estudo analisa atuação de farmacêutico

Fazenda Escola ganha unidade experimental

Pesquisadores monitoram aves
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com a Reitora
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br