Agência UEL de Notícias
    Londrina, Domingo, 19 de Setembro de 2021 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
18/01/2019  

Laboratório é pioneiro na transferência de tecnologia

Agência UEL

Equipe do Laboratório, formada por professores e alunos da graduação e pós-graduação, avalia qualidade de produtos alimentícios

O Laboratório de Análise de Alimentos que integra o Programa de Atendimento à Sociedade (PAS) desenvolve análises e pesquisas sobre produção de alimentos funcionais e nutritivos, fortalecendo a extensão da UEL, bem como a geração de conhecimento. A iniciativa reforça o pioneirismo da Universidade em gerar transferência de tecnologia, além de contribuir para a formação de mão de obra qualificada.

O Laboratório está vinculado ao Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UEL. De acordo com a professora Wilma Spinosa, do Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, que coordena as atividades, o Laboratório é um prestador de serviços, incluindo não apenas avaliação de produtos, mas diversos serviços relacionados ao processo produtivo, como boas práticas de fabricação, armazenamento e atendimento a questões normativas, entre outros.

Além de atividades de ensino desenvolvidas na graduação e pós-graduação, dentro dos cursos de Farmácia, Zootecnia, Biologia e Química, o setor oferece serviços a pequenos e médios empresários. Entre as atividades desenvolvidas estão análises físico-químicas e microbiológicas de alimentos para a indústria de bebidas, panificação, carnes, leite, entre outras.

A professora Wilma Spinosa explica que esses serviços são solicitados por pessoas físicas e jurídicas de diferentes segmentos - indústria, cozinhas industriais, cozinhas-piloto, fábricas de ração, restaurantes e Vigilância Sanitária.

Serviços são solicitados por pessoas físicas e jurídicas de diferentes segmentos

"O PAS tem mais de 20 anos atendendo a micro e pequena empresa do estado e de outros lugares do Brasil. Ao longo do tempo o perfil do cliente foi mudando, lá no início o serviço mais requisitado era a emissão de laudos de composição centesimal de alimentos, que era muito usado em licitações. Hoje, fazemos análises físico químico e microbiológica de alimentos, com orientações específicas, como por exemplo, qual conservante é recomendado para determinado alimento ter maior durabilidade", explica a professora Spinosa.

O Laboratório de Análise de Alimentos da UEL recebeu entre 2015 e 2017 uma média de 300 amostras. Dentre os produtos de maior demanda de análise estão carnes, água, refrigerante, pães, cafés, vinagres, mel, cachaça, bolachas, polpas de frutas, sobremesas geladas.

Análise - O processo tem início com o atendimento ao cliente, sempre ligado ao setor de produção e comercialização de alimentos. O interessado recebe da equipe do Laboratório informações de como encaminhar amostras, tanto para as determinações físico-químicas, como para as microbiológicas. As orientações seguem padrões técnicos, assegurando as boas práticas de laboratório (BPL). As amostras são recebidas em porções e recipientes distintos para avaliação química e microbiológica respectivamente.

No momento do recebimento da amostra são necessários pesquisa e conhecimento sobre legislação para orientar o interessado quanto às determinações analíticas pertinentes ao produto alimentício a ser avaliado. A partir deste levantamento prévio emite-se o orçamento detalhado do serviço em questão.

Métodos de análise são recomendados pela Official Method of Analysis e instituições nacionais, reguladoras do setor

As metodologias analíticas para os alimentos destinados ao consumo humano são baseadas em publicações do Instituto Adolfo Lutz, no Manual de Métodos de Análise Microbiológica de Alimentos e Água. A Agência Nacional da Vigilância Sanitária define os critérios e padrões microbiológicos para alimentos, indispensáveis para a avaliação das Boas Práticas de Produção de Alimentos e Prestação de Serviços, da aplicação do Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) e da qualidade microbiológica dos produtos alimentícios, incluindo a elucidação de Doença Transmitida por Alimentos (DTA).

Além das referências, a equipe do Laboratório segue métodos recomendados pela Official Method of Analysis, Métodos Analíticos Oficiais para Controle de Produtos de Origem Animal e seus Ingredientes. Também são consideradas resoluções do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e demais legislações do Instituto Nacional de Metrologia (INMETRO). O resultado das análises é emitido na forma de laudo técnico, baseado nas legislações e parâmetros técnicos recomendados para cada tipo produto.


rodapé da notícia

  16h27 16/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  15h27 15/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h10 14/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h11 13/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h51 10/09/21 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br