Agência UEL de Notícias
    Londrina, Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
03/12/2019  

Curso de Arquitetura e Urbanismo completa 40 anos

Natanael Pereira*

Antônio Carlos Zani: "O curso de Arquitetura e Urbanismo da UEL foi construído ao longo desses anos com esforços dos alunos, professores e servidores".

Curso de Arquitetura e Urbanismo da UEL chega aos 40 anos agregando esforços de professores, alunos e servidores

Já são quatro décadas de funcionamento que consolidam o curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Londrina (UEL) como um dos melhores do país. Ao longo dessa trajetória, o curso já formou mais de 2 mil profissionais capacitados para atuar no planejamento, projetos e na construção de espaços urbanos, tendo em vista as diferentes necessidades do indivíduo e da sociedade. "Sempre tivemos a preocupação de oferecer o máximo de conhecimento para formar arquitetos generalistas capazes de atuar em qualquer segmento da profissão", pontua Antônio Carlos Zani, do Departamento de Arquitetura e Urbanismo, professor do curso desde 1982.
Atualmente, o Departamento de Arquitetura e Urbanismo, do Centro de Tecnologia e Urbanismo (CTU), conta com 31 professores, entre concursados e temporários, que lecionam para 300 alunos de graduação e 60 de pós-graduação. Conta ainda com recursos como Laboratórios e Bibliotecas, que auxiliam os estudantes no cumprimento da carga horária da graduação, que abarca aulas teóricas e práticas, estágio curricular e atividades acadêmicas complementares, além de um Trabalho Final de Graduação Interdisciplinar que busca desenvolver conhecimentos multidisciplinares. O curso foi um dos primeiros do país a instituir esse trabalho de graduação, em um formato que passou a ser estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) em 1996.
Todas essas qualificações fizeram que o curso se mantivesse com nota 4 no último levantamento realizado pelo Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE), que avalia o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, além do nível de atualização dos estudantes. 
Ao longo de 40 anos, professores e alunos do curso colecionam algumas conquistas que são lembradas com orgulho principalmente por quem acompanhou sua criação na UEL. É o caso do professor Zani, que começou a lecionar na instituição quando o curso ainda funcionava junto à Engenharia Civil, no Centro de Ciências Exatas (CCE). Zani lembra que o Mestrado em Metodologia de Projeto, ofertado ainda hoje pelo Departamento, foi a primeira pós-graduação (Stricto sensu) da área de Arquitetura e Urbanismo aprovada pela CAPES no Paraná. O programa de Mestrado foi aprovado em 2010 como resultado de uma proposta conjunta entre a UEL e a Universidade Estadual de Maringá (UEM).
O Departamento de Arquitetura e Urbanismo oferta ainda um programa de Doutorado, implantado em 2018, e um curso de Especialização - Projeto Arquitetônico: Composição e Tecnologia do Espaço Construído. "Existe uma Londrina antes dos cursos de Arquitetura e Engenharia e outra após esses cursos, pois eles deram suporte para o crescimento do setor da Construção Civil em toda região. O curso de Arquitetura e Urbanismo da UEL foi construído ao longo desses anos com esforços dos alunos, professores e servidores', relata Zani.
O curso chega em 2019 destacando-se pela qualidade no ensino, pesquisa e extensão, que juntos fortalecem o tripé acadêmico na formação dos futuros profissionais da instituição. De acordo com Zani, recursos oriundos da pós-graduação e projetos de pesquisa também são usados na aquisição de equipamentos e materiais, com foco em melhorias da infraestrutura do curso e, portanto, garantindo a manutenção das atividades de ensino e pesquisa.
TRAJETÓRIA
As discussões sobre a implantação do curso em Londrina surgiram há cerca de 45 anos, em pleno desenvolvimento da cidade, logo após a criação da Universidade. No auge do crescimento econômico, a região era carente de profissionais especializados, como arquitetos e engenheiros, por isso foi o momento de mobilizar a sociedade civil organizada no sentido de reivindicar a criação do curso.
Cerca de 12 arquitetos do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) - Núcleo Londrina conduziram as discussões sobre a implantação, além do melhor modelo de curso para a cidade, apresentando a demanda ao reitor Oscar Alves, em exercício na época. Logo depois, uma primeira comissão de implantação do curso formada por 10 membros, entre arquitetos, engenheiros, professores e servidores da UEL, foi criada pelo reitor em 1978 para dar forma ao projeto que havia passado por anos de discussão. No mesmo ano, José Carlos Pinotti assumiu a reitoria e nomeou uma nova comissão de implantação do curso.
O arquiteto gaúcho Edgar Albuquerque Graeff, um dos fundadores do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília (UnB), participou da história de criação e implantação do curso de Arquitetura e Urbanismo na UEL. Na mesma época, um modelo inovador instituído por Graeff na Pontifícia Universidade Católica (PUC), de Goiânia (GO), também serviu de exemplo, o que resultou no convite para que ele ajudasse na elaboração do plano do futuro curso da UEL.
Criado por meio da Resolução n.º 501, de 21 de outubro de 1978, o curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade recebeu a primeira turma de estudantes quase um ano depois, em agosto de 1979. Foi reconhecido pela Portaria Ministerial n.º 331, de 26 de julho de 1984, mesmo ano em que entregou ao mercado de trabalho a primeira turma de arquitetos e urbanistas.
* Estagiário de Jornalismo na COM

Esta matéria foi publicada no Jornal Notícia nº 1.403. Confira a edição completa:




rodapé da notícia

  14h48 12/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h22 11/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h41 10/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  13h40 07/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
  14h00 06/08/20 Revista do Meio-Dia (UEL FM)
D
DESTAQUES ::.

Gênero cômico faz parte do ensino de Artes Cênicas

Compostos são alternativas para tratar a Leishmanios

Síndrome associada à Doença de Chagas tem alto índic

Projeto auxilia crianças a superar dificuldades moto
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br