Agência UEL de Notícias
    Londrina, Sábado, 07 de Dezembro de 2019 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
06/09/2019  

Estudo aborda aprendizagem conceitual na pré-escola

José de Arimathéia

A pedagoga Terezinha de Paula Machado Esteves Ottoni tem 26 anos de carreira na UEL e atua no Centro de Educação Infantil. Naturalmente, a prática diária levanta questionamentos e estimula ações visando o desenvolvimento das crianças. Foi assim que, anos atrás, ela cursou a Especialização em Metodologia da Ação Docente na UEL e desenvolveu um trabalho sobre a História do CEI. No Mestrado, em 2005, estudou as relações de dominância entre crianças de 5 e 6 anos, baseando-se na Psicologia Histórico-Cultural, publicando resultados em eventos e artigos.

Assim como a inquietação profissional nunca termina, uma pergunta permanece: como favorecer o desenvolvimento psíquico infantil? Com quais ações? Algumas respostas foram dadas em sua tese de Doutorado, defendida em julho de 2016 no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá, e que foi lançada em livro - "Aprendizagem conceitual na Educação Pré-escolar" (editora Appris) - neste mês de agosto, em coautoria com a orientadora, professora Marta Sueli de Faria Sforni.

Fundamentada na Teoria Histórico-Cultural e pautada no pressuposto vigotskyano de que a aprendizagem de conceitos promove o desenvolvimento psíquico dos sujeitos, Terezinha trabalhou com 19 crianças de 4 e 5 anos do CEI/UEL durante cinco encontros, num período de cerca de dois meses, desenvolvendo uma série de atividades e gravando tudo em vídeo. O resultado foi a confirmação de que determinadas ações de ensino, calçadas em uma intencionalidade pedagógica, favorecem a aprendizagem de conceitos nesta etapa de desenvolvimento.

Para a pesquisadora, Vigotsky representa um aporte teórico valioso ao defender uma aprendizagem com componente social, pela interação cultural, diferente de outros teóricos de sua época, como Piaget, mais centrados na dimensão biológica do aprendizado. Mas é preciso haver, segundo ela, uma intencionalidade para aprender. "A criança precisa de arte, de cultura, de tecnologia", complementa. Isso porque - ela explica - a criança tem uma relação espontânea com os objetos e, se houver estímulos dados pela família e professor (este com rigor científico), ela aprenderá muito mais.

Os conceitos científicos qualificam o conhecimento, que fica mais complexo. A criança organiza seu pensamento e isso representa um salto de qualidade no conhecimento", afirma Terezinha Ottoni

Um exemplo: para a criança em determinada fase de desenvolvimento, todo cachorro é o "Au au". Só depois ela aprende a distinguir um do outro com a ajuda do professor, com quem transpõe saberes e começa somar conhecimentos e a dominar conceitos de Anatomia e classificação biológica. "Os conceitos científicos qualificam o conhecimento, que fica mais complexo. A criança organiza seu pensamento e isso representa um salto de qualidade no conhecimento, porque os conceitos são apresentados não fechados, mas sistematizados", afirma a pedagoga. Isso tem a ver com o desenvolvimento das funções superiores de que fala Vigotsky.

COELHO BOTA OVO?

Em sua pesquisa, Terezinha trabalhou com os conceitos de ovíparos e mamíferos, um conteúdo pedagogicamente adequado para a faixa etária, previsto em currículo. Junto com duas professoras do CEI, criou uma Sequência Didática, ou seja, uma série de conteúdos e atividades variadas a partir do tema, com um caráter interdisciplinar.

De acordo com a pesquisadora, houve vários episódios que demonstraram que as crianças estavam aprendendo, como desenhos, e principalmente a verbalização e os questionamentos. "As crianças vêm com suas próprias vivências, extraescolares, e vimos que a escola apresentou algo novo". Um bom exemplo aconteceu quando o assunto era animais de fazenda - aliás, as crianças fizeram uma visita à Fazenda Escola da UEL. Terezinha conta que ver uma galinha botando ovos foi um dos momentos mais comemorados pelas crianças.

Mas surgiu a pergunta: "Coelho bota ovo?" Um aluno respondeu que sim, porque lembrou do Coelho da Páscoa. Mas outro corrigiu: "Não, ele traz o ovo, ele não bota", demonstrando algum grau de diferenciação da realidade. E outro aluno, que tinha um coelho em casa, afirmou que "coelhos não botam ovo".

Atividades como esta visita tanto foram preparadas em sala de aula quanto se transformaram em outras, como a produção de um texto coletivo, novamente em sala de aula.

CONTRIBUIÇÃO

Conforme Terezinha, as professoras envolvidas na pesquisa tiveram total adesão e avaliaram favoravelmente as ações. "A pesquisa contribuiu para os estudos curriculares da escola. Elas tiveram a teoria aplicada à prática", disse. Com um grupo de estudos e outras iniciativas, a pedagoga acabou envolvendo vários profissionais da instituição.

O saldo é a comprovação de que promover ações educativas direcionadas, com intencionalidade pedagógica, não apenas favorece a aprendizagem de conceitos como também maximiza o conhecimento. Mesmo brincando, as crianças aprenderam conceitos científicos e se abriram para muito mais.

Esta matéria foi publicada no Jornal Notícia nº 1.398. Confira a edição completa:




rodapé da notícia

  17h29 UEL sobe posição em ranking internacional de sustentabilidade
  17h29 Empresa Júnior promove Colônia de Férias a partir de segunda-feira (9)
  15h27 Universidade prorrogará contratos de 244 professores temporários
  11h43 Laboratório de Análise de Água amplia serviços e reforça atendimento à população
  10h21 Inscrições abertas: Curso de Psicologia Hospitalar 2020
  10h29 Escritório de Apoio ao Pesquisador prioriza auxílio técnico aos pesquisadores da UEL
  15h07 Pesquisador desenvolve insumo que controla pragas e melhora produção agrícola
  09h08 Museu Histórico de Londrina promove Bazar Solidário no sábado (7)
  08h26 Manutenção em rede suspende atendimento do Pronto Socorro odontológico, domingo (8)
  17h51 Projeto de Artes Cênicas aproxima UEL de comunidades rurais
  16h38 Museu Histórico inaugura exposição sobre memória indígena neste sábado
  16h35 UEL FM abre série especial sobre projetos desenvolvidos na Universidade
  15h38 Professora do CCH lança Bodas de Café e faz homenagem ao Proteu
  10h21 Inscrições para programa de mobilidade nacional terminam dia 16
  11h14 UEL conquista quatro destaques no 32º Prêmio de Ciência e Tecnologia da SETI
  09h17 Teatro Ouro Verde recebe apresentações da Escola Municipal de Dança
  08h11 Última edição da Feirinha da Cidadania é nesta quinta-feira (5), na Reitoria
  17h23 Universidade divulga edital com oportunidades para recém-formados
  16h32 UEL é sede do 2º Encontro Nacional sobre Ensino de Jovens e Adultos
  17h07 Exposição resgata e preserva memória dos povos indígenas de Londrina e região
  14h41 UEL acolhe reunião do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial
  09h44 Grupo de Estudos sobre o Envelhecimento debate as emoções e o Alzheimer
  10h05 Pesquisa do CTU mostra potencial construtivo do bambu
  09h15 Jornal Notícia - 1.404
  08h12 Pesquisadores debatem conservação no Dia Mundial do Solo
  16h04 UEL sedia treinamento da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa
  11h43 OSUEL apresenta Concerto de Natal no Museu Histórico de Londrina
  08h25 Ambulatório de Especialidades tem ação de detecção de câncer de pele
  08h07 Gedal promove observação da lua e planetas no sábado (7)
  16h27 Semana aborda evidências da Relatividade Geral
  16h28 Curso de Arquitetura e Urbanismo completa 40 anos
  08h19 Segundo dia do Vestibular 2020 da UEL tem abstenção de 7,59%
  18h11 Conferência Municipal do Meio Ambiente conta com representantes da UEL
  16h11 Vestibular 2020 termina nesta segunda-feira para grande maioria dos candidatos
  15h33 Livro traz coletâneas de artigos publicados em jornais entre 2009 e 2019
  15h10 Professor da Aston University debate inteligência artificial na UEL
  10h49 Segundo dia da 2ª fase tem prova com 12 questões discursivas
  08h43 Dap abre exposição e lança Arte Londrina 7
D
DESTAQUES ::.

Projeto de Artes Cênicas aproxima UEL de comunidades

Jornal Notícia - 1.404

Semana aborda evidências da Relatividade Geral

Pesquisa aponta novas funções para os semicondutores
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br