Agência UEL de Notícias
    Londrina, Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 -  Busca   

 · Agência UEL de Notícias  · Jornal Notícia
13/06/2017  

UEL oficializa primeiro termo de transferência de tecnologia posssui-foto

Agência UEL

Solenidade foi realizada na Aintec

A UEL, por meio da Agência de Inovação Tecnológica (Aintec ), assinou nesta terça-feira (13) o primeiro termo de transferência de tecnologia entre a academia e a iniciativa privada, visando a industrialização e comercialização de um kit inovador de detectação de formol no leite, uma das práticas comuns de adulteração do produto, que traz sérios riscos à saúde pública.

O kit será produzido e distribuído nacionalmente pela Londrilab Comércio de Produtos Microbiológicos, que tem previsão de iniciar a venda já a partir do próximo mês. Os kits chegarão ao consumidor, técnicos de inspeção que atuam nos laticínios, a um preço extremamente competitivo, em torno de R$ 1,45 por análise.

O desenvolvimento do kit em escala comercial só foi possível a partir de parceria entre o Laboratório de Inspeção de Produtos de Origem Animal (LIPOA) do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UEL com a Londrilab, a partir da intermediação da Aintec para a formalização do processo por meio de uma cooperação tecnológica, conforme prevê a nova Lei de Inovação.

Segundo a coordenadora do Lipoa, professora Vanerli Beloti, do Departamento de Medicina Veterinária e Preventiva, o problema de fraude do leite representa uma das linhas de pesquisa do Laboratório, a partir de seguidas solicitações de melhoria dos sistemas de fiscalização. O formol é um produto cancerígeno e sua introdução no leite representa um sério problema para a saúde pública, com impactos em toda a cadeia do leite e que ganhou contornos maiores a partir da operação Leite Compensado, desencadeada em 2013, quando foram detectadas adulterações em vários laticínios.

O kit apresenta uma solução simples, barata e confiável. Segundo Vanerli, o técnico da indústria usará 1 ml de leite e 1 ml de reagente e poderá facilmente identificar se a amostra apresenta ou não a presença de formol. Segundo ela, a amostra não pode apresentar qualquer coloração. A cor branca representa uma amostra livre de adulteração. "É uma prova fiel que permitirá aferir todo o leite que chegar à indústria", afirmou.

Inovação - Para o diretor da Aintec, Edson Miura, a cooperação entre a Universidade e o setor produtivo é fundamental para a promoção da ciência, tecnologia e inovação. "Como intermediadora entre academia e empresa, a Aintec, ao promover interações nesse sentido, também promove a pesquisa, amplia as possibilidades de aumento da competitividade das empresas e proporciona as condições reais do desenvolvimento econômico local", afirma. Segundo o diretor, a Aintec tem trabalhado para atuar de acordo com a Lei de Inovação de forma a promover as interações do setor produtivo, possibilitando a realização de pesquisas aplicadas.

A reitora da UEL, Berenice Quinzani Jordão, afirmou que a transferência de tecnologia é uma das funções da Aintec, que possibilita aos pesquisadores obterem patentes de produtos e serviços, colocando o conhecimento em prol da sociedade. Ela elogiou a equipe da Agência, que conseguiu cumprir os prazos e exigências da nova Lei de Inovação em tempo recorde. Ainda de acordo com a reitora, no Brasil um processo de patente pode levar até mais de 10 anos para ser desenvolvido e concluído.

Os diretores da Londrilab, ClodoaldoTrainotti e José Antonio Menoti, afirmaram que a transferência de tecnologia permitirá levar o nome de Londrina, da UEL e da empresa para outras regiões. "Trabalhar com uma Universidade que é séria e competente, nos traz confiança e segurança. A parceria oferece, para o mercado leiteiro, um diferencial que agrega qualidade e valor aos produtos".

Participaram da cerimônia de assinatura do termo de transferência de tecnologia o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, professor Amauri Alfieri, o diretor do CCA, professor José Roberto Pinto, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Cláudio Tedeschi.



É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.

As Sinopses apresentadas têm como referência as edições digitais dos jornais citados disponíveis no dia.


  15h17 PRORH e Escola de Gestão reforçam parceria para oferta de cursos
  09h33 Fundação de Portugal divulga bolsas de pesquisas
  08h48 Inscrições para Curso Especial Pré-Vestibular começam dia 22
  16h48 Colônia de Férias é aberta no CEFE posssui-foto
  17h30 Campanha incentiva uso racional da água e energia elétrica na UEL
  15h28 Projeto completa 25 anos e registra 11 mil atendidos por mês posssui-foto
  09h30 Departamento oferta especializações na área de administração
  17h45 Abertas inscrições para cursos na área de Tecnologia da Informação
  16h59 Casa de Cultura oferece curso de regência orquestral
  17h37 CCB divulga curso de Verão em Patologia Geral Básica
  09h27 UEL oferta 16 vagas do mestrado Profissional de Sociologia em Rede
  16h30 Central de Estágio do Paraná abre inscrições segunda-feira (15)
  09h58 Cops divulga concurso da Agência de Fomento do Paraná
  08h51 Abertas inscrições da especialização em Economia Ambiental
  13h02 Laboratório de Línguas recruta instrutores
D
DESTAQUES ::.

Jornal Notícia 1.370

Bem-vindos, voluntários!

Professoras alertam contra exclusão das IES no PNLD

As transformações do marco zero de Londrina
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com a Reitora
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Coordenadoria de Comunicação Social
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4361/4115/4331  Fax: (43) 3328-4593
e-mail: noticia@uel.br