Home » Notícias » Pesquisadores elaboram método para identificar fake news

 

Pesquisadores elaboram método para identificar fake news

 

Os estudantes Hugo Queiroz Abonizio e Janaina Ignácio de Morais, e o professor Sylvio Barbon Júnior do Departamento de Computação/UEL: quase três meses para montar a própria base, com textos em português.

Duas pesquisas da Pós-graduação em Ciências da Computação da UEL mostram, por meio de inteligência computacional, que notícias legítimas podem ser diferenciadas das falsas e das irônicas. Orientados pelo professor Sylvio Barbon Júnior, do Departamento de Ciência da Computação, os estudantes Hugo Queiroz Abonizio e Janaina Ignácio de Morais iniciaram as pesquisas sobre fake news no início do ano passado. Com protótipo criado por eles, a análise de um banco de dados de quase 10 mil notícias em português, espanhol e inglês, apresentou 85% de acerto ao diferenciá-las entre Legítima, Falsa ou Irônica. Quando analisados somente os textos em português o resultado chegou a 94%.

Veja a notícia na íntegra:

http://www.uel.br/com/agenciaueldenoticias/index.php?arq=ARQ_not&id=28656