Detalhe do trabalho da artista em processo de montagem no W.C. Arte.     Juntamente com a abertura da exposição do Rogério Ghomes, ocorrerá também a abertura do W.C. Arte. A artista selecionada nesta edição é Mariana Lachner com o trabalho JÁ NÃO SEI MAIS POR QUAIS VEIAS CORRE O MEU SANGUE. Mariana é formada […]

Read More →

Detalhe do trabalho Profano Sudário de 1997, exposto na VI Bienal de Havana.   Será neste sábado, dia 27 de agosto na DaP (Divisão de Artes Plásticas da UEL), a abertura da exposição PRECISO ACREDITAR QUE AO FECHAR OS OLHOS O MUNDO CONTINUA AQUI do artista Rogerio Ghomes, com curadoria de Fábio Luchiari. Nesta exposição […]

Read More →

A artista Andrea Tavares participa da exposição ARTE LONDRINA 4 – TEMPORALIDADES, SOBREPOSIÇÕES E APAGAMENTOS. Enviamos algumas perguntas para que possamos conhecer mais sobre o processo e as referências da artista.   1 – COMO UM TRABALHO COMEÇA? Trabalho muito com a ideia de série, conjuntos, às vezes uma mesma imagem, ou proposta pode estar em mais de […]

Read More →

O artista Thiago Navas  participa da exposição ARTE LONDRINA 4 – TEMPORALIDADES, SOBREPOSIÇÕES E APAGAMENTOS. Enviamos algumas perguntas para que possamos conhecer mais sobre o processo e as referências do artista. (Fotografia de Ricardo Tucci)   1 – COMO UM TRABALHO COMEÇA? Observando. Sinto que só em momentos que realmente estamos concentrados é que conseguimos ligar as peças […]

Read More →

A artista Ana Calzavara participa da exposição ARTE LONDRINA 4 – TEMPORALIDADES, SOBREPOSIÇÕES E APAGAMENTOS. Enviamos algumas perguntas para que possamos conhecer mais sobre o processo e as referências da artista.   1 – COMO UM TRABALHO COMEÇA? Um trabalho começa andando na rua, olhando para o mundo, olhando para meus trabalhos anteriores, olhando para trabalhos de outros […]

Read More →

O artista Adolfo Emanuel participa da exposição ARTE LONDRINA 4 – TEMPORALIDADES, SOBREPOSIÇÕES E APAGAMENTOS. Enviamos algumas perguntas para que possamos conhecer mais sobre o processo e as referências do artista.   1 – COMO UM TRABALHO COMEÇA? Acredito que um trabalho começa quando surge uma situação de compreensão estranha de qualquer natureza. No meu caso, por exemplo, […]

Read More →

O artista Raul Leal participa da exposição ARTE LONDRINA 4 – TEMPORALIDADES, SOBREPOSIÇÕES E APAGAMENTOS. Enviamos algumas perguntas para que possamos conhecer mais sobre o processo e as referências do artista.   1 – COMO UM TRABALHO COMEÇA? Às vezes parte da observação de alguma situação bem prosaica onde percebo possibilidades para desenvolver um projeto. Também gosto de […]

Read More →

A artista Elaine Pessoa participa da exposição ARTE LONDRINA 4 – TEMPORALIDADES, SOBREPOSIÇÕES E APAGAMENTOS. Enviamos algumas perguntas para que possamos conhecer mais sobre o processo e as referências da artista.   1 – COMO UM TRABALHO COMEÇA? O tempo foi sempre uma questão importante para minha produção e tento falar imageticamente sobre ele , meu processo criativo […]

Read More →

O artista Alan Oju participa da exposição ARTE LONDRINA 4 – TEMPORALIDADES, SOBREPOSIÇÕES E APAGAMENTOS. Enviamos algumas perguntas para que possamos conhecer mais sobre o processo e as referências do artista. 1 – COMO UM TRABALHO COMEÇA? Saber como um trabalho começa não é algo tão simples, não acho que é apenas uma empreitada, um ação cartesiana onde […]

Read More →

Sheila Ortega participa da exposição ARTE LONDRINA 4 – SOBRE O QUE PODE SER FAMILIAR. Enviamos algumas perguntas para que possamos conhecer mais sobre o processo e as referências da artista.   1 – COMO UM TRABALHO COMEÇA? Os trabalhos começam sempre a partir do meu envolvimento com os objetos, com o acúmulo e com […]

Read More →