A artista Bruno Novaes também respondeu algumas perguntas feitas pela DaP. Ele reside em São Bernardo do Campo – SP e participa da 1ª exposição ARTE LONDRINA 7 – MELHOR SER FILHO DA OUTRA. COMO UM TRABALHO COMEÇA? Quase sempre pela palavra. Seja como título, como elemento gráfico, como poesia. E de alguma maneira eu […]

Read More →

Aline Luppi Grossi . Foto Karol Satake A artista Aline Luppi Grossi também respondeu algumas perguntas feitas pela DaP. Ela reside em Paiçandu – PR e participa da 1ª exposição ARTE LONDRINA 7 – MELHOR SER FILHO DA OUTRA. COMO UM TRABALHO COMEÇA? Todo trabalho começa a partir das minhas inquietações. A maneira com a […]

Read More →

A artista Karola Braga também respondeu algumas perguntas feitas pela DaP. Ela reside em São Paulo e participa da exposição MELHOR SER FILHO DA OUTRA – ARTE LONDRINA 7: COMO UM TRABALHO COMEÇA? Um trabalho pode começar de tantos lugares. Às vezes de um cheiro, uma frase, paixões, histórias, enfim. Um trabalho começa de um […]

Read More →

O Coletivo Coisa Brava assume o ateliê DaP, com o intuito de promover pesquisas individuais e coletivas, tendo o desenho como principal eixo de produção poética. Os encontros envolverão debates com o grupo acerca da produção individual, contando com referências teóricas e poéticas, e também com a colaboração do professor/orientador Danilo Villa, chefe da DaP. […]

Read More →

O artista Élcio Miazaki (São Paulo, SP) participa da exposição MELHOR SER FILHO DA OUTRA – ARTE LONDRINA 7 e nos concedeu esta entrevista: – COMO UM TRABALHO COMEÇA? Costumo perceber que meu trabalho se inicia diante de pesquisa e investigação. Acredito que o artista exterioriza tudo aquilo que possa representar seus prazeres, ou o […]

Read More →

As inscrições para o Ateliê Permanente, assumido este ano pelo Coletivo Coisa Brava, vão até o dia 19 desse mês. Ainda dá tempo! O coletivo se interessa pelo desenho como eixo de produção poética e de reflexão conceitual, e pretende promover pesquisas individuais e coletivas. INSCRIÇÕES : envie uma carta de intenção com descrição e […]

Read More →

Na sexta-feira, 29 de março, aconteceu a abertura da primeira exposição do ARTE LONDRINA 7, MELHOR SER FILHO DA OUTRA, com trabalhos de 15 artistas selecionados pelos curadores Danillo Villa e Clarissa Diniz. Adriana Moreno, Aline Luppi Grossi, o Coletivo Duas Marias, Élcio Miazaki, Hígor Mejïa, Karola Braga, Marcela Novaes, Sergio Adriano H. e Suellen […]

Read More →